ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 26º

De olho na TV

Amor à Vida: pior cego não quer enxergar

Por Reinaldo Rosa | 24/01/2014 09:07

DISSONANTE - Locutor Marco Antonio, na TV Morena, contabilizou 1.005 torcedores no Morenão, domingo, no jogo entre Cene e Novoperário. O borderô da FFMS, por sua vez, acusou 736 pessoas. Catracas do estádio poderiam dar melhor - e imediata - assessoria à imprensa presente ao evento.

SÓ AQUI - Índice nacional de trabalho com registro em Carteira Profissional teria significativo aumento caso empresários da comunicação de MS respeitassem leis trabalhistas - e a categoria. Componentes de equipes de radialistas que operam sob contrato -de gaveta- com emissoras de rádio se digladiam entre si -por audiência-, fora do horário estabelecido com as mesmas. Cada um vai para outros canais de comunicação. Também sem registro em carteira, claro. A vida da comunicação em MS é bela.

AO VIVO - Apoio midiático ao futebol do Estado é o que não falta. TV Morena continua com sua transmissão da rodada dominical do campeonato e, para variar o tipo dos trabalhos, o Via Morena, do jornalista Sérgio Cruz, mostra, ao vivo, o jogo Novoperário e Comercial.

DANÇA DAS HORAS - Hoje é dia de conferir a anunciada matéria do Viver Bem com Carmen Cestari. É o Baile da Terceira Idade, gravado nesta terça-feira. Tem, ainda, outras matérias bem ao gosto de pessoas que buscam opção à programação matinal da rede Globo. Vale conferir.

LAICO - Longe de misturar temas e opções religiosas, Cachopa segue na liderança de audiência nas manhãs de sábado. Mistureba de samba, pagode e gospel -na medida certa para o horário- o programa tem público fiel.

NÃO PODE FALTAR - Em Família, novela que substituirá Amor à Vida, na rede Globo, segue script sempre presente nesse tipo de atração. De uns tempos pra cá, a impressão que se tem é que elas são criadas a partir do núcleo gay das tramas. Personagens - caricatos ou não - são garantia de sucesso.

O LIVRO É MELHOR - Espectadores expressaram certa decepção com capítulo final de Amores Roubados. Por seu lado, o núcleo responsável pela minissérie optou por não chocar demais, tanto quanto o original do livro. Personagem de Isis Valverde, no livro, morre colocada em uma parede e é solenemente concretada. Acabamento de primeira.

TEM PAI QUE É CEGO - "Aline, você disse que a Rebeca foi embora com o namorado. Se o namorado é o Pérsio, você mentiu. O que aconteceu com a Rebeca?", questiona César. Mas, enquanto Félix está indo com a madeira, Aline já voltou com a canoa pronta. A megera se aproveita do fato de que o casal não estava bem e o induz a pensar que foi traído pela namorada. "Chifres. Pérsio, me perdoe, mas você está levando chifres", ataca César. Diálogo desta sexta-feira em Amor à Vida.

VC NA COLUNA - "Sua coluna deveria ser diária e abordar mais a programação regional das emissoras de rádio e TV. Acredito na força do regionalismo e também que o mercado publicitário deveria acreditar mais no potencial dos regionais, só assim eles poderão melhorar a qualidade. Chamo a atenção para o programa TPM da Band. Muito bem produzido e apresentado, com matérias muito bacanas. Abraços e sucesso". (Marcele Nunes)

VC NA COLUNA II - "Quanto ao tópico SENADOR, me contaram que ano passado, quando o referido Senador, que nunca ajudou o futebol do Estado nem quando foi da Petrobras -se não me falha a memória, mesmo porque ninguém o conhecia, ele nunca ajudou - queria a direção da FFMS a todo custo. Pasmem os senhores; naquela ocasião, a intenção dele era a de levar para a entidade Pedro Chaves, atual secretário do Prefeito que fechou o estádio Jacques da Luz. Agora eu pergunto: o professor Pedro Chaves, outrora Magnifico, será que o mesmo conhece de futebol? Será que ele sabe os meandros dessa modalidade esportiva? Por isso eu elogio a atual diretoria da FFMS. Parabéns pelo belo campeonato". (Gilson Giordano)

PREVENIR OU REMEDIAR? - Para o câncer tem remédio; para indiferença, não. Entre nessa luta da Rede Feminina de Combate ao Câncer Corumbá-MS.