A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


03/01/2014 09:35

Belezas de MS nas telas de TV

Reinaldo Rosa

MAIS DOS MESMOS - Após séries de retrospectivas e discursos piegas que envolvem o mês de dezembro voltamos à estaca zero; onde tudo se inicia. Na TV, ótimas séries compactadas e bons filmes do cinema nacional. Nas emissoras de rádio constata-se a ausência de locutores em férias e empobrecimento dos noticiosos. Mas é praxe em período de baixa audiência.

CÓPIA DO MAL - Rede Globo parece basear-se em programações musicais de emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul. O TIRA O PÉ DO CHÃO - com estreia domingo próximo - é um mix de estilos e ritmos, tática muito empregada por programadores radiofônicos guaicurus.

PRA QUÊ MEXER? - Ao contrário da rede Globo, a TV Morena não anuncia nada de novo para a programação do ano que se inicia. Calcada em liderança conseguida à base de simples repetidora da emissora carioca, possíveis talentos locais continuarão não tendo vez.

ME INCLUA FORA - Os três noticiosos da emissora continuarão com a editoria de sempre; repercutindo notícias antecipadas por sites -locais e nacionais-. Em assuntos da política regional, seguirá informando sem opinar. Para evitar 'comprometimentos', digamos assim.

OUTRO LADO - Repetidoras como TV Guanandi, TVMS e SBT/MS são as que mais abrem espaços para programas regionais. Independentemente da qualidade de produção e equipamentos técnicos, produtores independentes locais podem sonhar em colocar possíveis novidades no ar.

TRABALHO COMPENSADOR - Com angulações perfeitas de Wilson BIsol, o texto e edição final de Cláudia Gaigher, os especiais sobre o Estado - exibidos no Bom Dia MS - resultaram em sucesso. As matérias mostraram a riqueza - por vezes ocultas para a maioria - da qual Mato Grosso do Sul é portador. Tipo de reportagem que poderia ser repetida focalizando outras paragens.

DE PAI PARA FILHA - Igreja evangélica que detinha razoável audiência entre seus membros em rádio da capital, foi partida ao meio. Pastora Mirian Paliarini abandonou a Quadrangular (de seu pai), fundou a Internacional Vida e já mantém programa locado na Cultura. Mais uma a ocupar espaço de alguns habilitados. Assim caminha a humanidade.

FALA POVO - "Não poderia deixar de registrar que acompanho os colunistas que fazem dos seus comentários uma ligação com leitores atentos e com senso critico quase sempre afinado. Parabéns ao Campo Grande News e aos queridos colunistas que nem sempre acertam. Desejo, de verdade, que este time seja mantido, pois em última instância geram uma sinergia com o público em geral, um abraço especial ao Reinaldo Rosa "De Olho na TV" e ao amigo Luca (Marimbondo) que se ausentou depois de anos de dedicação. Como todos, só tenho a desejar um 2014 mais produtivo que 2013 e que as disputas sejam no mano a mano e não no tapetão". (Roberto Wolf)

FALA POVO II - "Antes de desejar ao titular da coluna os meus votos de um feliz 2014, devo por o meu "bedelho" no meio, a respeito do programa MEU MATO GROSSO DO SUL. O grupo convidado maravilho, bom à beça; ótimo! O apresentador, sem o famoso "tchan", o grupo ACABA, o melhor do Brasil, cantou, a bem da verdade, apenas uma música, pois as outras foram cortadas. Agora, o melhor mesmo o que eu mais gostei, foi a repórter.. lá no pantanal que disse ao entrevistado 'eu nunca subi em cima de um cavalo'. Fala a verdade, isso não foi uma pérola? Na hora, eu liguei pra TV e falei com o Paulo Yafusso e ele, apenas riu.. mesmo porque não tinha o que fazer". (Gilson Giordano)

Na internet, grupo Acaba tem audiência cativa
MIOPIA – 66 curtidas, dez comentários, oito compartilhamentos no Facebook, incontáveis visualizações neste site Campo Grande News. Nota da coluna sob...
Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...



Pobre Gilson Giordano. Quanta maldade... tente ver as coisas com mais carinho, menos rancor. Que você consiga um 2014 bacana! Com certeza 2013 não foi. Abraços, sem mágoas.
 
Ramão Cabreira - Jornalista em 03/01/2014 22:00:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions