ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 16º

De olho na TV

Copa Fifa pauta informativos de rádio e TV

Por Reinaldo Rosa | 30/06/2014 09:56

PROMESSAS NO AR - Noticiosos locais –de rádio e televisão- serão pautados respeitando-se a legislação eleitoral. Entrevistas terão de respeitar isonomia de espaço para candidatos – principalmente majoritários. Alguns nanicos, mesmo sem ter conteúdo interessante ao telespectador, também terão seus minutos de glória. Confirme.

NA DÚVIDA – Na falta da publicação de candidatos pelo Tribunal Regional Eleitoral, ouvintes e telespectadores podem conhecer candidatos locutores e apresentadores da comunicação local a partir de amanhã. Basta atentar para quem sai do ar. Simples assim.

A CONFERIR – Confiante em sólida carreira na Segurança Pública, Coronel David lançou-se na corrida eleitoral deste ano. Pelo pequeno tempo que ficou no ar, através do Tribuna Livre, da FM Capital, agora aplica tudo em sola do sapato para suas andanças em busca do voto. Boa sorte.

90 MILHÕES EM AÇÃO – Atual Copa Fifa não teve hino que tenha ‘pegado’, no Brasil. Tentativa da rede Globo foi decepcionante. Apenas o ‘mostra sua força Brasil’, do Banco Itaú marcou pontos na memória de alguns torcedores.

COPA FIFA ‘FORMA’ COMENTARISTAS - Canais esportivos analisam profissionais contratados somente para a Copa, para ver quem sai e quem fica. Na ESPN, ator Dan Stulbach pode ganhar espaço fixo. No SporTV, a turma do “Extra Ordinários” deve ficar. Na Fox Sports, o ex-jogador Falcão é nome forte para assumir um debate semanal sobre futebol. No Outro Canal.

SÓ DÁ FIFA - Muita gente reclamando da quantidade de jogos transmitidos no mundial da Fifa. Na televisão, aberta ou fechada, os principais noticiosos não falam ou mostram outra coisa. E, a partir da semana que vem, chega o horário político. Oremos.

DEFINIÇÕES - Maldades do psicótico Laerte, Gabriel Braga Nunes, na novela "Em Família" entram em fase decisiva. Trama de Manoel Carlos começa recuperar índices de audiência esperados pela direção da rede Globo já há algum tempo. Sem foco definido, a trama se perdeu pelo excesso de núcleos.

CHOQUE DE IDENTIDADE - Na Band está havendo muito cuidado para que não existam choques ou coincidências nos programas do Luiz Bacci e do Datena, que serão apresentados, um na sequência do outro, a partir de julho ou agosto. De um lado para evitar a incoerência e, por outro, porque o conflito será inevitável. Com Flávio Ricco – Uol