A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


22/09/2014 10:21

Encontros e desencontros na tela quente da TV

Reinaldo Rosa

 

COISA BOA – Marco Antonio Farias no ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, já anuncia tradicional cobertura dos resultados das eleições de outubro. Atração do rádio jornalismo que poderia ser copiado por outras emissoras.

PACOTE PRÉ-ELEIÇÃOCandidatos a deputados – estadual e federal - prometem ações nas áreas de "educação, segurança, trabalho, transporte, habitação e meio ambiente". Perdoai-vos, pai; eles não sabem o que fazem. Ou, o que fariam.

OLÁ TUDO BEM – Evento com o jornalista e apresentador Paulo Henrique Amorim, em Campo Grande, foi cancelado. Promotores do encontro prometem "reagendamento" para data, local e hora não sabidos. Ibope baixo e publicidade modesta; ingredientes não digeríveis.

NA FALTA DO QUE FAZER – Estadias, diárias e alimentação são itens que ajudam na justificativa de recebimento de verbas de Câmaras Municipais – de MS e do Brasil -. Espertos "empresários" criam "Encontro de Vereadores" com fins puramente econômicos (para ambas partes).

CARNAVAL FORA DE ÉPOCA – Em tempos de campanhas eleitorais e pífia publicidade a “Comunicação, Oratória e Difusão das Ações de Vereadores Perante a População” (ufa) virou tema, também, cancelado na capital. Sine die e local bem mais acanhado.

NUREMBERG – Debate com a presidente Dilma Rousseff, no "Bom Dia Brasil" desmente proposta da rede Globo de, através dele, “orientar o eleitor na hora do voto”. Três franco-atiradores com saturada pauta do escândalo da Petrobras, cujos eleitores, minimamente esclarecido, nem dão bola na cerquinha da urna.

PCDOB X POLOPE – Como nos tempos de ‘metralhadora no peito’’, Mirian Leitão impôs suas teses econômicas entrecortando respostas da presidente. Coadjuvantes de espetáculo, certos jornalistas não perdem oportunidade de querer aparecer mais do que a protagonista.

RÉPLICA SEM TRÉPLICA – Com a saída do ar da gravação da “entrevista” com a candidata do PT, Ana Paula Araújo fez a defesa dos dados levantados pela colega Mirian Leitão. Telespectadores –acostumados com os títeres da rede Globo- sabem que não haverá direito de resposta por parte da presidente Dilma. Faltou ética.

COLUNA ANO DOIS

“Enquanto grande parte desta classe vive no 'Egocentrismo", você modestamente dispensa os afagos. Não é à toa que admiro seu trabalho desde que te conheço a 'modestos' 34 anos, kkk parabéns amigão, abraços”. (Antonio Mazeica)

“Uma das seções (não me agrado com a palavra "coluna", acho engessante) mais acreditadas e inteligentes do jornalismo de onde vivo. Não se limita a in formar, vai além: ensina, sugere, fornece pautas mais que interessantes. E tem a assinatura credenciada do Reinaldo. Parabéns e conte sempre com a assiduidade deste leitor”. (Edson Moraes)

Rádio esbanja potência, mas com público restrito
O ELO – No Brasil todo está disseminada a prática de terceirização de espaços na comunicação falada. Cronistas do rádio esportivo ficam à mercê do bo...
O bagunçado e voraz mercado local das rádios
SENHORES PASSAGEIROS – Nivaldo Mota, João Flores, Miltinho Viana e Marcelo Nunes têm algo em comum. Foram revelados para o rádio de MS originários do...
Sem novas ideias, rádio de MS definha
SINTONIA GROSSA – Tratado como penduricalho de informações oficiais, o rádio de Mato Grosso do Sul definha por não renovar estratégias comerciais de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions