ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 18º

De olho na TV

Furos mantêm apresentadores-candidatos no ar

Por Reinaldo Rosa | 20/06/2014 10:23

E OS OUTROS? – Imprensa escrita, falada, televisada, saitiadas, fez grande estardalhaço sobre prisão de funcionária ‘terceirizada’ do Ministério da Saúde. Nenhum órgão de comunicação comentou sobre possíveis encarceramentos de peixes grandes envolvidos na operação da Polícia Federal realizada no Hospital do Câncer, em Campo Grande. Só o Elson Pinheiro em solitária fala.

CONTINUAM – Eternos –e conhecidos- candidatos em eleições continuam apresentando programas em repetidoras de TVs e emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul. Pelo Calendário Eleitoral 2014, tais ‘apresentadores’ teriam de sair do ar a partir do dia 10 deste mês.

BRECHA – Segundo a Lei Eleitoral ‘6 de junho de 2014 é a data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por candidato escolhido em convenção (Lei nº 9.504/97, art. 45,§ 1º)’. Como os conhecidos candidatos ainda não foram homologados como tal (em convenções) têm até o final do mês para continuar a desleal concorrência.

SEM ESQUENTAR - O "Me Leva Contigo", apresentado por Rafael Cortez, na Record, teve gravações encerradas e será exibido até o início de agosto. Uma segunda temporada é pouco provável. Wanderley Villanova, responsável pela implantação do projeto formato está deixando a Fremantle, criadora do programa. Informação de José Carlos Nery_

NA BRONCA - “Ainda há pessoas e profissionais, principalmente lá nos grandes centros, que dão um imenso valor à memória do rádio brasileiro, o que é muito raro por aqui. Nem as emissoras, nem mesmo o poder público, no caso, o MIS-Museu da Imagem e do Som têm a preocupação de manter registros importantes”. Arthur Mário

CAIU NA REDE – Radialista Arthur Mario acusou telefonema informando sobre existência de gravações feitas pelo saudoso Hélio Ribeiro, de São Paulo, com Josino Teodoro (falecido em 28 de junho de 2013). Tais gravações passarão a fazer parte do acervo do Memorial Hélio Ribeiro, segundo o colaborador do resgate e preservação da memória do grande comunicador.