A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


05/12/2016 09:59

Profissionais de rádio se aventuram na internet

Reinaldo Rosa

RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as próprias emissoras. Na internet cresce o número de sites oferecendo instalação de novos canais. ABERT (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão) não se manifesta. Nem contra nem a favor.

MAIS DO MESMO – Sindicato e entidades nacionais de jornalistas têm o mesmo posicionamento. Iniciativa de reais, capacitados e habilitados profissionais torna-se brinquedinho nas mãos de aventureiros. Mercado derrete-se.

REFLEXO – Profissionais portadores de vocação na prática do radiojornalismo, assinantes de canais na Rádio Web, padecem com a aventura de alguns. É baixíssimo o índice de inserções publicitárias da área privada. A ‘ajuda’ de poderes constituídos torna informativos insossos.

FORMATANDO – A Capital FM amplia espaço aos noticiosos e anuncia –em grande estilo- as novas do ‘Capital Meio Dia’. Nesta segunda-feira, notícias diretas de Miami, Brasília e Sampa, repórteres e transmissão via Youtube e Facebook. Loucos por noticias ficam de olhos e ouvidos grudados na editoria.

LEITURA OBRIGATÓRIA – Ex-jornalista da TV Morena faz apontamentos sobre sua atuação na emissora durante considerável período. Interessados conhecerão os escritos em forma de livro a ser lançado futuramente. Recomendo.

JÁ DEU – Programação sertaneja universitária registra sinais de cansaço e algumas emissoras mudam o cotidiano. O ‘xis tudo’, onde entram vários ritmos e sem critério algum, é notado no trabalho de várias rádios, “sempre em primeiro lugar”.

À MODA DA CASA – ‘Os melhores do ano’, premiação do programa do Faustão não elege, realmente, os mais destacados na dramaturgia e na música nacional. Alguns ‘melhores’ atuam em outras emissoras. Luan Santana integrando a festa do ‘Domingão’, por três anos consecutivos, mostra o nível do critério de escolha.

JE SUIS CHAPEON – Homenagens que parentes e amigos dos envolvidos na tragédia do Chapecoense foram merecidas. Discutível a overdose do jornalismo da Globo durante uma semana sobre o assunto. Nesta terça-feira a programação volta ao normal.

OUTRO LADO – A Globo deitando e rolando em imagens e textos sobre os tristes acontecimentos. A equipe de jornalismo da Band contando os minutos para o término dos programas em horário nobre destinados aos locatários evangélicos e suas pregações.

VC NA COLUNA - “Enquanto a direção da Bandeirantes não se convencer que o dinheiro da igreja, aquele que entra no meio da sua faixa noturna, tem o preço mais caro do mundo, dificilmente ela retomará a condição de competitividade. Viver de ‘MasterChef’ e de suas diferentes versões é ficar batendo bola de ladinho”. Flávio Ricco, no Uol.

Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...
Rádio muda pouco na mudança da faixa AM para FM
NADA DE NOVO – Bolo gigante recheado de alianças na festa do dia de Santo Antonio, nesta terça-feira foi, de novo, notícia na TV Morena. E, novamente...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions