ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 18º

De olho na TV

SBT aplica em baixa qualidade para alcançar audiência

Por Reinaldo Rosa | 07/02/2014 09:26

FILHA DO HÓMI - No Domingo Legal desta semana tem participação especial de Patrícia Abravanel. Ela conta as novidades de sua vida e carreira para o apresentador Celso Portiolli e brinca no Afunda ou Boia. A informação do site do SBT é apenas demonstração dos esforços do Homem do Bau em realizar desejos da pimpolha.

ENTREGOU OS PONTOS – Pai coruja que é Silvio Santos deixa os herdeiros tocarem a vida da forma que quiserem; coisa de pai babão. Uma prefere os bastidores da administração do SBT. Patrícia teima em tomar o lugar do ‘papi’ frente às telas da rede e danem-se os espectadores prejudicados com sua falta de talento e carisma de seu criador. Simples assim.

ALTERNATIVAS – O baixo teor de qualidade na programação – digamos assim - é a escolha de Silvio Santos para conquistar audiência e, pelo menos, não ser derrotado pela concorrente rede Record. O programa do Ratinho perdeu pontos no ibope para o Casos de Família e passou a servir-lhe de ‘escada’. Chega ou querem mais?

DEVER DE OFÍCIO – Atrações como o da apresentadora Christina Rocha é uma sequência de baixarias domésticas que, somente a pedidos, pode-se acompanhá-lo para possíveis considerações. Audiência pela audiência (de baixíssimo nível) é uma praga que contagia toda a rede de retransmissoras do SBT. Vide programas locais.

TAL FILHA – Tradicionais rádios comerciais do Estado aprenderam, rapidinho, exemplos de administração das congêneres comunitárias. Estas desobedecendo finalidades para as quais foram criadas, têm no aluguel de espaço para comunidades evangélicas seu grande filão dizimal. Não sem razão, contaminaram emissoras – da faixa de AM - que mantém ridículo percentual de programas próprios. Simples assim.

SONHO DOS DEUSES – Ganhos rápidos, fáceis, líquidos e certos; quem não quer? Tais princípios resultam em responsabilidade trabalhista nula (próximo de zero) e a desunida classe de radialistas e jornalistas não tem – oficialmente - a quem reclamar. E segue o barco.

CALHAU – Quando a pauta é escassa a mesma é completada com desconhecidos coleguinhas da Agência Rádio Web (que é livre em todos os sentidos). Se o aluguel é caro a ordem é o locatário economizar. Claro. E tome de jabás e desemprego de capacitados profissionais.

PARA MACACO SIMÃO – Ouvintes de Mato Grosso do Sul antenados na rádio Band News, de São Paulo, conhecem a pauta. Campo Grande emprega um predestinado, descoberto graças à TV Guanandi (no TPM). Trata-se do osteopata Paulo Muleta.

VC NA COLUNA – “Fala-se tanto aqui sobre a programação da Globo ( opiniões válidas ), que eu gostaria que a coluna também desse um pitaco no SBT, pois o que o seu dono não tem medido esforços e horários para tentar emplacar a filha como apresentadora, aliás fraca como apresentadora e que nos transmite um falso carisma. É tentar fazer o povo brasileiro engolir goela abaixo a tal filhinha”! Emerson Silva

VC NA COLUNA II – “Dia 5 de fevereiro é o Dia Nacional da Mamografia... e, até o momento, apenas o site Tribuna MS que divulgou a matéria. Mas assuntos como Dia Mundial contra o Câncer - 4 de fevereiro - e Dia Nacional da Mamografia dão poucas repercussões. Apenas isso”! Gilson Giordano

VC NA COLUNA III – “Nos reunimos diretamente com o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte. Ele nos garantiu que até próxima semana todo este impasse que referente ao Centro de Oncologia será solucionado . Senhor prefeito, estamos aguardando as definições urgente e ansiosamente. Nosso tratamento oncológico depende desta definição”. Apacon