ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 15º

De olho na TV

TV e rádio são pano de fundo do novo colunista do Campo Grande News

Por Elverson Cardozo | 12/09/2012 06:15
Reinaldo Rosa vai assinar a coluna "De Olho na TV", com publicação às segundas, quartas e sextas. (Foto: Divulgação)
Reinaldo Rosa vai assinar a coluna "De Olho na TV", com publicação às segundas, quartas e sextas. (Foto: Divulgação)

Se depender de Reinaldo Rosa, nenhum programa televisivo ou de rádio produzido no Estado passará impune às observações de um telespectador e um ouvinte assíduo, crítico e com opinião formada.

Aos 64 anos, o novo colunista do Campo Grande News promete conquistar o leitor pela sinceridade e pelo olhar, digamos, “mais afiado”. Ele vai assinar a coluna “De olho na TV”, que estreia hoje. A publicação será às segundas, quartas e sextas-feiras.

O espaço é voltado à avaliação da produção televisiva e de rádio em Mato Grosso do Sul, mas também vai trazer uma leitura da mídia nacional. Um assunto que, para o colunista, deve ser debatido.

Tudo estará em pauta, do entretenimento à informação, em uma análise que tende a mostrar os prós e contras da produção regional.

Sobre a situação atual, Reinaldo não poupa críticas. Nas palavras do colunista, em uma avaliação geral, “as televisões locais assumem o reles papel de retransmissoras”, apesar das exceções. “O que falta é vontade”, disse.

“Algumas até têm intenção”, pontuou, mas faltam equipamentos, o que compromete o trabalho final. Além disso, alguns programas, em busca de audiência e popularidade, exploram os fatos sem o mínimo critério e acabam pecando no conteúdo final, pontua.

As rádios de Campo Grande, avaliou, funcionam como uma “caixinha de música”. “Existe uma disputa muito grande pela audiência e fica essa qualidade de programa maçante, baseado na música sertaneja”, criticou.

Perfil – Reinaldo Rosa é formado em contabilidade. Exerceu a profissão durante 12 anos, em São Paulo. Paralelamente ao trabalho - que nunca foi uma paixão - ele já escrevia sobre rádio e televisão, mas os textos ficaram na gaveta por um bom tempo.

Em 1980, Reinaldo se mudou para Campo Grande, época em que entrou para secretaria de comunicação do Governo do Estado. A partir daí, a carreira na mídia deslanchou, tanto no jornalismo como na publicidade.

As primeiras colunas de Reinaldo Rosa foram publicadas no extinto “Jornal da Cidade”.