ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 31º

Em Pauta

A sede, a pátria está ali onde chove

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 05/02/2024 09:30
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Se a água é a origem da vida, sua ausência condicionou nossa existência. A água está por trás de nossa evolução, das migrações, da ascensão e queda de civilizações e de muitos costumes. Talvez não tenhamos percebido, mas tudo que nos caracteriza desde os primórdios africanos, ficar em pé, nossa alimentação ou a invenção de novas ferramentas, são consequências de adaptações a um meio ambiente mais seco. É pouco divulgado, mas o surgimento do amor, entre homem e mulher, foi resultado de uma seca.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A primeira guerra da história foi uma disputa por água.

A sede nos transformou em nômades. Muita água - dos rios Tigres e Eufrates -  nos fez sedentários. Foi sua falta que nos fez sair da África em busca de terra fértil, que nada mais significa que terra molhada. Nos fez construir enormes e caríssimos sistemas para reter a água e distribuí-la. Esse foi o primeiro grande passo da desigualdade - muita água para alguns; pouca, para muitos outros. Foi nos anos de seca, por volta de 2.450 a.C., que as cidades de Umma e Lagash, no atual Iraque, se enfrentaram em uma disputa mortífera pela água. Essa é a primeira guerra documentada da história.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Os deuses da água.

Não existe uma só religião que não tenha fortes e profundas raízes ligadas à água. Ishkiur, Adad, Hadad, Baal ou Bel a sede também nos fez crer em deuses. O dilúvio é um mito fundacional em dezenas de religiões. Que chova! Que chova! Os deuses hão de nos proteger, enviando água dos céus. Todas as religiões tem suas próprias rogativas pedindo água. Também há a crença de que existem determinadas pessoas com poderes sobrenaturais que podem detectá-la nas profundezas das terras. Alguns usam varinhas mágicas. Em todas as antigas culturas, a seca era um sintoma de que o mandatário havia perdido os favores dos deuses. A sede é a causa primeira, muitas vezes não percebida e não estudada, de quase todas as guerras. E das revoluções. Estas últimas, costumam ter início com as mulheres pedindo pão e água para seus filhos. Não se equivoquem, em algumas dezenas de anos teremos de nos mover, sabe-se lá para onde, porque a pátria está logo ali.... onde chove.

Nos siga no Google Notícias