A notícia da terra a um clique de você.
 
25/06/2018 09:30

Este banco é líder no negócio da maconha

Mário Sérgio Lorenzetto
Este banco é líder no negócio da maconha

É um banco canadanse. Recentemente, tornou-se líder na indústria e comércio da maconha. Só em 2018, o "Canaccord Genuity", o banco da maconha, assessorou operações nesse setor no valor de mais de US$5 bilhões, segundo dados da Bloomberg.
No Canadá, cresce o número de fusões e aquisições de empresas voltadas para o setor da maconha às vésperas da legalização do consumo da substância para fins recreativos, que acontecerá no fim do ano. O setor está avaliado em US$31 bilhões.
No passado dia 8 de junho, os canadenses votaram a favor da legalização do uso recreativo da maconha. As empresas "Canopy Growth" e "Aphria", despontam como as de maior sucesso.
Já existe até um índice maconha. O "Índice North American Marijuana", que segue a evolução dos preços do setor, mostra que a maconha valorizou mais de 300%. É isso mesmo, assim como existem índices para a soja, milho e algodão, a maconha têm um para chamar de seu.
Nos últimos anos o "Canaccord Genuity", que já é um banco de médio tamanho, conseguiu bater a concorrência na assessoria e financiamento de empresas voltadas para a maconha. Mas os maiores bancos de investimento estão correndo para conquistar fatia desse mercado.

Este banco é líder no negócio da maconha

O "ferro sagrado" de Alce Negro.

Alce Negro era um homem santo dos sioux, primo de Cavalo Louco. Ambos lutaram em Little Bighorn e Wounded Knee. São eles e sua geração que transformaram definitivamente nosso olhar sobre os mal chamados índios ou pele vermelhas, os nativos norte americanos. Uma época em que livros como "Enterrem Meu Coração na Curva do Rio", de Dee Brown, e filmes como " Pequeno Grande Homem", com Dustin Hoffman e Faye Dunaway, transformaram esses nativos da "gente má que atacava o forte dos brancos" a uma gente fascinante, ainda que não deixassem de arrancar os cabelos de seus inimigos.
Alce Negro teve uma vida venturosa. Vitorioso, em Little Bighorn, onde chegou a matar um soldado com seu "mazawakha", o "ferro sagrado", revólver de seis tiros. Disparou entre os olhos do soldado e, em seguida, foi fazer o escalpo. O general Custer levara os brancos para sua mais inglória derrota. Eram tempos duros. O entusiasmo pela vitória não o impediu de perceber que o campo de batalha "cheirava mais que a sangue, e senti náuseas". Logo, veio a derrota. A fuga para o Canadá e o envolvimento com a troupe de Búfalo Bill. Viajou a N.York e Londres, queria observar o mundo e ver como os brancos viviam. Tornou-se um sábio homem. Respeitável e conciliador. Eram novos tempos. Tempos sem armas. Tempos de política e não de matanças. Que falta faz um Alce Negro em Terra Brasilis. Um líder, sábio e incontestável.

Este banco é líder no negócio da maconha

Por que o peito é o primeiro que emagrece e a papada a última?

Ao emagrecer de forma considerável, a gordura parece comportar-se de maneira caprichosa. Pode desaparecer mais rapidamente das zonas em que, talvez, não nos interesse, como o peito, e permanecer mais tempo em outras que preferiríamos que desaparecesse o mais rapidamente que for possível, como podem ser a papada, a cadeira e os músculos.
Comas dietas, o organismo sofre uma mudança importante já que alteramos a ingestão de nutrientes. No caso das mulheres, o natural é que percam maior porcentagem de gordura do tronco, porque têm maior disposição genética a mobilizar essa gordura. O peito é quase exclusivamente um depósito de gordura. Por isso perderá maior quantidade de gordura nele do que nas papadas, cadeiras ou músculos, regiões onde há muita massa muscular e ossos.
Naturalmente são identificados dois tipos de corpos relacionados com o sobrepeso ou obesidade segundo onde se acumule a gordura. O primeiro, têm a forma de maçã, também denominado "androide". Nele, a gordura se acumula na região abdominal e rodeia os órgãos. Esse corpo está associado com patologias como diabete I ou enfermidades cardiovasculares. Ainda que ocorra mais habitualmente em homens, pode ocorrer em mulheres que tenham disfunções hormonais.
O segundo tipo é o clássico corpo com forma de pera, também denominado "ginóide". Nele, a gordura está situada em baixo da pele, uma reserva na zona periférica, sobretudo nas cadeiras e pernas. Apesar de apresentar menor risco cardiovascular, também pode ser o causador de problemas circulatórios, varizes, inchaços ou cansaço excessivo.
A idade é outro fator que influencia. À medida que se aproxima a menopausa os hormônios femininos - estrogênios - vão diminuindo, o que provoca uma mudança na tendência da acumulação de gordura, em lugar de ocorrer no tronco inferior, começará a concentrar-se no abdômen.
Não devemos confiar nas dietas milagrosas, nem naquelas que prometem ser específicas para uma região do corpo, uma vez que o organismo, de maneira astuta, tirará a gordura de onde seja menos necessária para garantir algumas funções essenciais. Ao contrário do que o mito conta, nosso corpo não é uma máquina, que apertando o botão correto, faz o que nós queremos. O melhor programa inclui uma dieta equilibrada, romper hábitos sedentários, combinando exercícios cardiovasculares e de força, aqueles que trabalhem os principais grupos musculares. Quanto à questão do peito que emagrece rapidamente, só há uma solução simples: exercitar a musculatura e a zona do tórax para mantê-los firmes.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.