ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Em Pauta

Gosmento,o mundo antes dos dinossauros

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 30/01/2024 08:40
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Se estivéssemos no Mato Grosso do Sul há 252 milhões de anos atrás, nada reconheceríamos. Não existiriam fábricas e nem casas. Nenhum sinal de humanos. Nenhum pássaro no céu. Não veríamos um só camundongo. Para desencanto, também não enxergaríamos uma só flor. E nem mosquitos. Todas essas coisas só apareceriam muito mais tarde. Era extremamente quente e insuportavelmente úmido. A sensação climática  era pior que aquela que sentimos há poucos dias atrás. Havia muitos rios, muito mais que agora. Eram caudalosos e percorriam vastas florestas de coníferas - ancestrais dos pinheiros e dos cedros atuais. Mas havia relativamente algo em comum com os dias atuais: os rios e lagos se enchiam nas épocas chuvosas e secavam quando as chuvas cessavam.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Bicharada pegajosa.

Esses lagoa compunham o "sistema sanguíneo" do ecossistema local. Eram eles que se tornavam oásis que reuniam animais ao redor para fugirem do calor causticante e dos ventos velozes. Mas não eram animais que reconheceríamos hoje. Eram salamandras pegajosas maiores do que cachorrinhos, vagando às margens das águas e, de vez em quando, agarrando algum peixe que passasse. Bestas quadrúpedes troncudas, chamadas "pareiassauros" também frequentavam esse local. Eram corcundas, seu tronco pesado e pareciam répteis malucos. Também havia os "dicinodontes", bichinhos pequenos que procuravam comida no meio da sujeira, como porcos, usando suas presas afiadas para arrancar raízes saborosas.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade



Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Um bichão tamanho de urso.

O rei dessa floresta irreconhecível era o "gorgonopsídeo", um monstro do tamanho de ursos, que reinavam no topo da cadeia alimentar. Arrancavam as carnes dos outros animais com seus caninos semelhantes a sabres. Essas criaturas esquisitas mandavam no mundo logo antes dos dinossauros.

Nos siga no Google Notícias