A notícia da terra a um clique de você.
 
23/11/2017 06:54

Qual é a cara do "Mercado" brasileiro? Clima Vale-Tudo

Mário Sérgio Lorenzetto
Qual é a cara do Mercado brasileiro? Clima Vale-Tudo

Nunca ninguém viu sua cara. Mas sabe de tudo. Dá opinião sobre tudo. Curva ou quebra a espinha de qualquer governante brasileiro de todos os poderes. Chama-se "Mercado". É ele quem verdadeiramente governa o país.
Há em Houston, no Texas, uma "forensic artist" - uma artista forense, desenhista de retrato falado - de nome Lois Gibson. Essa moça ganhou o prêmio do Guinness Book por colocar 1.266 foras-da-lei na cadeia com seus desenhos de face. Não há ninguém no mundo que tenha resolvido mais crimes do que ela.
Só alguém com o talento de Lois Gibson seria capaz de desenhar o rosto do "Mercado" brasileiro. Essa entidade que determina a condução de nossa economia, conduz políticas de governo, induz comportamentos da sociedade e é responsável por imensa riqueza e pobreza simultaneamente.
O "Mercado" voltou a atacar recentemente. Diz que para evitar a eleição de Lula, inclina-se para o segundo colocado nas pesquisas. Antes, registre-se, o "Mercado" inclinava-se para o prefeito de São Paulo, João Doria. Também afagava o Ministro da Fazenda Henrique Meirelles. Ambos não cativaram o "Povão", aquele que não têm voz, mas têm voto. O segundo colocado, todos sabem, é o militarista Jair Bolsonaro. O ex-capitão Bolsonaro é o gêmeo espelhado de Lula da Silva. Inicialmente, tão radical quanto o barbudo, mas dobrado pelo "Mercado". Bolsonaro está em fase de moderação forçada no discurso econômico visando seduzir quem? O "Mercado" é óbvio. Interessante país de Macunaímas. Enquanto um gêmeo - o barbudo - volta à rebeldia da juventude perdida, outro abranda a voz, torna-se palatável. O "Mercado" engolirá um deles brevemente. Ou ambos.

Qual é a cara do Mercado brasileiro? Clima Vale-Tudo

De gêmeos espelhados e outros gêmeos.

Uma em cada dezoito gravidezes pode resultar em embriões gêmeos, mesmo que na maior parte dos casos um dos fetos morra no útero em razão da chamada síndrome do gêmeo desaparecido - SGD. Outros perdem o irmão gêmeo por causa de adoção ou de troca de bebês. Alguns reencontram-se na vida adulta, outros jamais. O caso mais famoso é dos gêmeos univitelinos Jack Yufe e Oskar Stohr. Viram-se pela primeira vez em uma estação de trem da Alemanha Ocidental em 1954. Jack Yufe tinha vivido em um kibutz - fazenda coletiva - e trabalhado como soldado do Exército israelense. Oskar Stohr havia integrado a Juventude Hitlerista.
São muitos os gêmeos que sentem falta de seu par.
Os casos mais assustadores são os gêmeos espelhados. São idênticos, mas um ao contrário do outro. Uma marca de nascença de um, está no lado esquerdo do braço. Marca idêntica, está no braço direito de seu irmão. O redemoinho do cabelo também pode ter o mesmo espelhamento. Lado esquerdo da cabeça em um, e no direito em outro. É frequente entre os gêmeos espelhados que um é destro, enquanto o outro é canhoto. Em alguns raros casos até o coração de um deles pode estar do lado direito do corpo.

Qual é a cara do Mercado brasileiro? Clima Vale-Tudo

Apenas 20% dos gêmeos univitelinos são espelhados.

Os gêmeos univitelinos nascem de um único óvulo fertilizado, que, em seguida, divide-se no útero. O que importa, nesse caso, é saber quando a divisão acontece. Se o óvulo se divide depois do quarto dia a contar da fertilização, os gêmeos compartilham uma placenta única, o que aumenta o risco para os fetos. Mas se o óvulo se divide depois de uma semana ou mais, com frequência em menos de doze dias, os fetos se tornam gêmeos espelhados. Vinte por cento de todos os gêmeos univitelinos do mundo são espelhados.
Imagine só! Você sempre pensou ser uma pessoa única no mundo, e de repente, aparece em sua frente outro alguém igualzinho a você. Dizem que os gêmeos espelhados que se conhecem na idade adulta não querem mais parar de conversar, desejam descobrir tudo sobre o outro: seus talentos, defeitos, hábitos, gestos, memórias... tudo. Eles se curam juntos à partir dali. Sentem-se mais felizes do que antes. Eufóricos. Também pode ser o inverso. Odeiam-se. Sempre nos extremos.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.