ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Em Pauta

Um mundo escuro com períodos de trabalho muito longos

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 02/02/2024 08:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A Campo Grande dos anos cinquenta era escura. Locomover-se era muito difícil devido à escuridão nas ruas. Nas noites mais escuras não era raro que um pedestre acesse a cabeça contra um poste ou sofresse alguma outra surpresa dolorosa. As pessoas tinham de tatear às cegas na escuridão para encontrar o caminho de casa. As relações sexuais com prostitutas ocorriam na rua. A escuridão também significava perigo. Os ladrões andavam à solta por todo lugar.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

E veio a luz.

Mesmo depois que a iluminação pública se generalizou, pelos padrões modernos Campo Grande era ainda muito escura. As lâmpadas quase nada iluminavam, além disso ficavam muito espaçadas, em média, à setenta metros uma da outra.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Dormiam de exaustão.

Nessa época, CLT ou quaisquer outras normas nada significavam na prática. O que valia era uma cópia do "Estatuto dos Artífices " dos ingleses. Em regra, as pessoas trabalhavam das cinco horas da manhã até sete ou oito horas da noite. Era uma semana de 84 horas de trabalho. Aqueles que se aventuravam a se divertir durante a noite, estavam à procura de "mulheres da vida", de rinhas de galo ou de corridas de cavalo, as grandes diversões dos trabalhadores. As crianças, inclusive as de sete anos, eram obrigadas a cumprir a mesma extenuante carga de trabalho. Nessas circunstâncias, não surpreende que as pessoas comessem e dormissem quando podiam.

Nos siga no Google Notícias