ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  15    CAMPO GRANDE 20º

Direto das Ruas

Ao lado de terrenos sujos, moradores encontram 4 cobras-corais em condomínio

Além de animais peçonhentos, sindica afirma que local está vulnerável em relação à falta de segurança

Por Liniker Ribeiro | 01/06/2020 17:44
Cobra-coral encontrada em condomínio, nesta segunda-feira; moradores reclamam de dois terrenos sujos (Foto: Direto das Ruas)
Cobra-coral encontrada em condomínio, nesta segunda-feira; moradores reclamam de dois terrenos sujos (Foto: Direto das Ruas)

Quatro cobras-corais em uma única manhã. Este é o balanço da limpeza realizada em um condomínio da Capital, nesta segunda-feira (1º). Mas o problema, de acordo com moradores, está ao lado. Terrenos sujos, com mato alto, que além de deixar a vizinhança vulnerável em relação a segurança, têm provocado a presença de animais peçonhentos.

A situação é denunciada pela sindica do Condomínio Salvador Allende, localizado na Travessa Alipio Soares Vargas, no Bairro Monte Castelo.

Segundo ela, não é de hoje que cobras, aranhas, escorpiões e outros bichos têm aparecido no local. “Estamos vulneráveis em todos os sentidos. Eu mando dedetizar o condomínio, mas todos esses bichos perigosos migram para cá”, afirma Diva Maria Fé Rocha.

Outro animal encontrado pela manhã em condomínio (Foto: Direto das Ruas)
Outro animal encontrado pela manhã em condomínio (Foto: Direto das Ruas)

E, se isso já não fosse o bastante, recentemente, o condomínio foi alvo de furtos. Para a sindica, o suspeito de invadir o local duas vezes, em curto período de quatro dias, conseguiu acesso pelo muro que faz divisa com um dos terrenos.

Pelo menos uma bateria de carro e uma bicicleta foram furtadas do condomínio. À reportagem, a sindica afirmou ainda já ter entrado em contato com a prefeitura, que seria responsável por um dos terrenos, assim como com a construtora que responde pelo segundo espaço, mas o problema na região continua.

A reportagem questionou a prefeitura da Capital para saber se existe previsão de limpeza no terreno e o que pode ser feito pelos moradores da região e aguarda resposta. Tanto foi feito contato, por telefone, com a pessoa responsável pela construtora dona do outro terreno, mas as ligações não foram atendidas.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.