ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Direto das Ruas

Com poucas crianças na fila, pai relata atraso em UBS para começar vacinação

Ele diz que exigiram "quórum" de crianças na fila para frasco ser aberto; Sesau nega recusa de vacinação

Por Guilherme Correia | 16/01/2022 15:37
Entrada da UBS do Jardim Jockey Club, em Campo Grande, um dos pontos em que foi relatado falta de vacinação. (Foto: Henrique Kawaminami)
Entrada da UBS do Jardim Jockey Club, em Campo Grande, um dos pontos em que foi relatado falta de vacinação. (Foto: Henrique Kawaminami)

Ao menos um posto de saúde deixou de oferecer vacinas pediátricas da covid-19, nesta tarde (16), em Campo Grande, por conta da baixa procura de crianças, de 11 anos, para receber o imunizante. Segundo relato encaminhado por meio do canal Direto das Ruas, era necessário pelo menos 10 indivíduos na fila para que frasco do imunizante fosse aberto.

Por possuírem dosagem diferente, cada ampola oferece a possibilidade de imunizar mais de uma pessoa. No entanto, quando o frasco é aberto, tem de ser utilizado em tempo estipulado na bula para evitar intercorrências.

O servidor público Ricardo Martins, de 47 anos, levou a filha, que tem a idade necessária para tomar a vacina, na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Jóquei Clube, entre a Rua do Hipódromo e a Avenida Paulista, mas reclama que ela ficou sem a dose quando esteve no local.

Segundo ele, por volta das 14h40, a unidade estava sem crianças na fila para serem vacinadas. “Me disseram que teria que ter 10 crianças, para abrir o frasco de vacinação. Senão, não teriam como vacinar ela e não souberam me dizer onde poderia levar ela. Me disseram que vieram seis [crianças], mas não vacinaram.”

Em seguida, ele se dirigiu até a UBS do Bairro Coronel Antonino, mas sem sucesso, inicialmente. Ricardo relata que esperou durante vários minutos para que a situação fosse resolvida e que pudesse imunizar a filha. “Falaram para aguardar, esperar, e até mandaram ir para a Seleta [...] mas agora estou na fila."

O Campo Grande News questionou a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), que informa a inexistência de vacina recusada a crianças. "Em contato com a direção do distrito do qual a UBS Jockey Club faz parte, nos foi informado que a vacinação está ocorrendo normalmente."

Não há registro de nenhum episódio de negativa de vacina, mas está sendo reforçada a orientação para que não ocorra nenhuma limitação de acesso", diz a Sesau.

Segundo a pasta, a prática de evitar abertura de novo frasco é adotada somente próximo ao término do expediente da unidade, para que não haja perdas. As UBSs fecham às 17h e, portanto, Ricardo estava dentro do prazo.

"A Sesau reforça que em situações como esta, o cidadão pode entrar em contato com a Ouvidoria através do número 3314-9955 para a queixa seja devidamente formalizada e as medidas cabíveis adotadas."

Vacinação - As vacinas, em geral, são utilizadas no público infantil há séculos e no Brasil, fazem parte do rol de imunizantes do PNI (Plano Nacional de Imunizações). As doses contra o coronavírus da Pfizer, em dosagem diferente das usadas em adultos, foram aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão máximo de regulação do País, por cumprirem critérios de segurança e eficácia.

A Sesau reforça os benefícios da imunização, para que a chance de casos graves seja reduzida, e avalia que a procura tem sido positiva, ao menos nos primeiros dias, "considerando que neste primeiro momento o público ainda é muito limitado".

O calendário está aberto somente para crianças de cinco a 11 anos com comorbidades, quilombolas e aquelas com 11 anos sem comorbidades e 11 pontos de vacinação funcionam neste domingo. Conforme determinação da SES (Secretaria Estadual de Saúde), novas faixas etárias serão inclusas nos próximos dias.

Consequentemente, espera-se que a adesão aumento com a disponibilização de novas doses e ampliação por faixa-etária. De todo modo, é importante o apoio, sobretudo da imprensa, na sensibilização dos pais e responsáveis sobre a importância da vacinação."

Conforme a pasta, ao menos 555 indivíduos foram vacinados com primeira dose no primeiro dia de abertura da vacinação a este público.

Doses anticovid são aplicadas em vários países do mundo, de diversos continentes, tais como Alemanha, Argentina, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, China, Cuba, Dinamarca, Estados Unidos, França, Itália, Portugal, dentre outros.

Direto das Ruas - O flagrante chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias