ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Direto das Ruas

De bronze, estátua de Jesus Cristo medindo 2 metros é furtada de cemitério

Leitora reclama que o artefato foi furtado da lápide de seu avô, no Cemitério Santo Antônio

Por Guilherme Correia | 10/10/2021 18:05
Local onde estava a estátua de Cristo. (Foto: Fabrina Coelho)
Local onde estava a estátua de Cristo. (Foto: Fabrina Coelho)

Leitora relata que uma estátua de Jesus Cristo, que estava sobre a lápide de seu avô, foi furtada no Cemitério Santo Antônio, em Campo Grande. O local fica na Avenida Consolação, na Vila Santa Dorotheia.

Por meio do canal Direto das Ruas, Fabrina Coelho explica que o artefato de bronze estava sobre o túmulo de familiares há quase 60 anos e media quase dois metros de altura. "Os túmulos do cemitério estão sendo delapidados pelos ladrões, são túmulos de famílias que fundaram Campo Grande, dentre outros, estão sendo delapidados sem nenhuma providência", reclama.

De acordo com ela, o cemitério a avisou sobre o ocorrido, mas disse que a região sofre por falta de segurança. Ela completa que o lugar fica sem qualquer medida de segurança a partir das 17h. "Tem muitas estátuas já derrubadas ao chão para serem levadas", afirma.

Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de Campo Grande informou que a imagem cristã havia sido encontrada e que ações têm sido feitas na região. Leia nota, na íntegra, encaminhada na terça-feira (12):

"A Estátua já foi recuperada pela Guarda Civil Metropolitana próximo ao  Cemitério Santo Antônio.  Não foi possível identificar os autores, já que eles fugiram ao avistarem a viatura da GCM, abandonando a estátua.

A Guarda Civil Metropolitana realiza rondas permanentes nos cemitérios da capital.

Nos próximos dias novas operações serão realizadas na capital, em parceria com a Derf e PM, tendo como objetivo identificar os receptadores dos objetos furtados dos cemitérios, vias públicas (cabo energia elétrica) e residências e obras públicas e particulares".

O Campo Grande News apurou, contudo, que as imagens recuperadas não é a do Cristo instalado na sepultura que pertence às família Coelho.

Direto das Ruas - A denúncia chegou à reportagem por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal.

*Matéria editada às 7h32 de 13 de outubro, para inclusão de resposta da prefeitura e às 14h37 do mesmo dia para atualizar informação.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário