A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

03/05/2019 16:35

Depois de filha ter dengue, moradora do Jd. Noroeste denuncia "lixões"

Acúmulo de lixo e mato alto preocupa principalmente por gerar focos de dengue; a multa para terrenos sujos pode chegar a R$ 9.356

Aletheya Alves
Moradora relatou que as próprias pessoas do bairro utilizam terreno para jogar lixo. (Foto: Direto das Ruas)Moradora relatou que as próprias pessoas do bairro utilizam terreno para jogar lixo. (Foto: Direto das Ruas)

Depois que a filha de 11 anos foi internada com dengue hemorrágica, moradora do Jardim Noroeste redobrou os cuidados em casa e, ainda, denunciou acúmulo de lixo em terreno baldio na Rua Frei Caneca. Preocupada com as notificações da doença na Capital, a manicure Cláudia Roseli dos Santos, 40, explicou que até uma cobra coral foi encontrada em sua casa.

Quem nunca sofreu com a doença está em alerta, mas, depois de ver sua filha com sangramentos causados pela dengue, Cláudia aumentou os cuidados não apenas em sua casa, mas também com o que vê pelo bairro. “Simplesmente todo mundo joga lixo no terreno que fica na frente da minha casa, vem gente com carrinho de lixo, carriola. Tenho medo não por mim, mas pelas minhas crianças que ficam aqui”, relatou sobre estar preocupada com o caso de dengue se repetir.

Roupas, lixo doméstico e sacolas podem ser encontradas no local. (Foto: Direto das Ruas)Roupas, lixo doméstico e sacolas podem ser encontradas no local. (Foto: Direto das Ruas)

De acordo com a moradora, o dono do terreno é desconhecido. É possível encontrar desde baldes e garrafas até colchões e restos de construção no local. Além dos focos de dengue, Cláudia explicou que tem encontrado escorpiões, lacraias e cobras por conta do acúmulo de lixo, “eu tive que chamar a polícia ambiental, minha pressão subiu. Já pensou olhar debaixo do tanque e ter uma cobra? ”.

Em nota, a assessoria da Prefeitura explicou que em situações de terrenos sujos, o proprietário será notificado. Caso o terreno não seja regularizado após a notificação, o proprietário será multado de acordo com o Código de Polícia Administrativa do Município, Lei nº 2909, Artigo 18-a. A multa varia entre R$ 2.339 e R$ 9.356.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions