A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/04/2015 21:06

Família de idoso denuncia negligência por parte de médico em posto de saúde

Alan Diógenes
Caso aconteceu no posto de saúde do Bairro Coophavila. (Foto: Reprodução/WhastApp)Caso aconteceu no posto de saúde do Bairro Coophavila. (Foto: Reprodução/WhastApp)

A família do idoso José Silva Pereira, 69 anos, informou, na noite deste sábado (18), que ele foi atendido 11h após dar entrada no CRS (Centro Regional de Saúde) 24h do Bairro Coophavila. Os familiares também disseram que durante todo este período o paciente não foi alimentado e não foi colocada a sonda para o mesmo fazer as necessidades fisiológicas.

Conforme o neto do idoso, o publicitário Bruno Lima, 25 anos, o avô deu entrada na unidade inconsciente devido à febre alta. O médico que o atendeu apenas o medicou, apesar de ter constatado que ele teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Bruno acredita que o estado do avô é grave e deveria ter uma atenção maior. “Queríamos levar meu avô para um hospital, mas o médico não autorizou”, explicou.

Segundo o jovem, o idoso chegou no posto de saúde por volta das 9h e só foi atendido às 20h. “Eles só atenderam por que eu liguei para a polícia. Depois rapidamente eles vieram atender meu avô. Sem falar que ele deu entrada na unidade com ficha de estado normal, sendo que o caso é de vida ou morte”, comentou.

Familiares do paciente tiveram que trazer alimentação de casa para o posto de saúde

O Campo Grande News entrou em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) para obter esclarecimentos sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas nesta noite.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions