ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Direto das Ruas

Moradores reclamam que nem fiscalização coibe terrenos abandonados em 3 bairros

Só nesta manhã (12), o Campo Grande News recebeu reclamações de terrenos baldios no Jardim Noroeste, Jockey Club e Jardim Manaira

Por Guilherme Correia | 12/08/2020 09:13
Terreno baldio na Rua Tâmbia com vegetação alta (Foto: Direto das Ruas)
Terreno baldio na Rua Tâmbia com vegetação alta (Foto: Direto das Ruas)

O Campo Grande News recebeu reclamações de moradores de diversos bairros da Capital nesta manhã (12), todos relatando descaso por parte de vizinhos que não cuidam dos terrenos, um risco de proliferação da dengue e de incêndios urbanos.

Uma das áreas que foi alvo de reclamação está localizado na Rua Tâmbia, no Jardim Manaira. Segundo o comerciante Victor Wagner, de 35 anos, o local acumula vegetação alta e lixo. "Só vão em bairro de classe média, tenho um problema mais de dois anos ao lado da minha casa, já fiz várias denúncias dentro de dois anos mas nunca vieram".

Terreno baldio na Rua Sol Nascente (Foto: Reprodução/Google Maps)
Terreno baldio na Rua Sol Nascente (Foto: Reprodução/Google Maps)

Em outro local da cidade, no Jockey Club, o professor Maurilio Dantielly Calonga, de 34 anos, relata que há um terreno, no encontro das ruas Sol Nascente e Hortências, que vem incomodando há meses.

"Alguns vizinhos disseram que já denunciaram, mas até o momento não houve retorno. O proprietário é desconhecido. Por ser um bairro antigo, há vários imóveis abandonados".

Ele relata que no terreno há uma construção abandonada em "situação de extrema sujeira", que serve de moradia para usuários ou em situação de rua, além do lixo acumulado. O bairro, diz, sofre também com uma "onda de furtos".

Já na Rua Bartolomeu Mitre, exatamente na esquina com a Rua Piraputanga, no Jardim Noroeste, a gerente Thais Romeiro, de 27 anos, diz que há meses o mato toma conta do local, e que mesmo denunciando continua do mesmo jeito. "O lugar acumula lixo, mato alto, e ainda pode servir de esconderijo para pessoas mal intencionadas, pois oferece pouca iluminação. É um risco para todos que moram próximo".

Terreno baldio entre ruas Bartolomeu Mitre e Piraputanga está abandonado (Foto: Direto das Ruas)
Terreno baldio entre ruas Bartolomeu Mitre e Piraputanga está abandonado (Foto: Direto das Ruas)

Já fiz várias denúncias dentro de dois anos mas nunca vieram. Procurada, a assessoria da Prefeitura Municipal de Campo Grande, que responde pela Semadur, informa que os terrenos baldios citados na reportagem já estão em processo de fiscalização.

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) recebe denúncias por meio do telefone 156 e notifica proprietários, que têm até 15 dias para resolver a situação. Caso não seja resolvido, as multas variam entre R$ 2.414,50 e R$ 9.658,00. Até julho deste ano, foram emitidas 3.136 notificações e 584 multas foram aplicadas.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.