A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/11/2017 16:29

“Desempenho do PIB demonstra força da economia de MS”, diz Reinaldo

Marta Ferreira
“Desempenho do PIB demonstra força da economia de MS”, diz Reinaldo

“Construímos um Estado economicamente forte”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja, ao comentar o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) sul-mato-grossense, que registrou o melhor resultado entre todos os estados do País. Todos tiveram queda, mas a de Mato Grosso do Sul foi a menor.

Segundo o Relatório divulgado pelo IBGE nesta semana,  no Estado a retração foi de 0,27% no PIB de MS em 2015 em relação ao ano anterior, enquanto a média nacional foi de 3,55% negativos. Em Goiás, por exemplo, a retração na economia chegou a 4,26%. O dado é o mais recente divulgado.

O agronegócio foi apontado como o principal responsável por minimizar os efeitos da crise econômica. “Isso é resultado do empenho do setor produtivo, do empresariado e de toda a sociedade que junto com o governo fez de Mato Grosso do Sul um Estado que cresceu e produziu riqueza mesmo na crise, gerando oportunidades à população”, enfatiza.

Na visão do governador, o ambiente de credibilidade e desenvolvimento criado em MS tem contribuído para fomentar os resultados que posicionam o Estado em lugar de destaque no cenário nacional não somente em relação ao PIB.
Indicadores

Mato Grosso do Sul, segundo o Centro de Liderança Pública, é o 5º Estado mais competitivo do Brasil. Levantamento do Jornal Valor Econômico, publicado recentemente mostrou que o Governo foi um dos únicos do país a aumentar os investimentos em infraestrutura em 2017, com 36% a mais que no ano anterior, ao lado apenas do Rio Grande do Sul – enquanto nos demais estados a aplicação de recursos em obras recuou. MS também foi um dos estados que mais apresentou saldo positivo na geração de empregos mesmo na fase mais aguda da crise, bem como a menor desigualdade de renda entre as unidades da federação.

“Soubemos criar as condições para estabilidade fiscal com uma menor estrutura administrativa, definindo o teto de gastos, aprovamos com o setor empresarial o fundo de incentivos fiscais e agora estamos naquela que talvez seja a última reforma estruturante que é a da previdência”, detalhou o governador.

Azambuja afirma que as medidas tomadas demonstram que o Governo não está preocupado com popularidade, mas em fazer o que precisa ser feito para que o Estado continue entregando obras e investimentos à população. “PIB representa riqueza, desenvolvimento, gerar oportunidades. É esse pensamento que nós temos e vamos continuar com MS crescendo e se desenvolvendo”, diz.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions