A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/12/2011 09:30

André vê industrialização como motor da economia de Mato Grosso do Sul

Edmir Conceição

Governador lembra, na Fiems, que Estado foi o que mais reduziu os índices de extrema pobreza

O governador André Puccinelli disse, em encontro com o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), que a industrialização é um dos motores da economia dao Estado, que até pouco tempo tinha apenas a agropecuária como base da matriz econômica. Durante o encontro, o governador lembrou que Mato Grosso do Sul é o Estado que mais reduziu os níveis de miséria e extrema pobreza, atribuindo esse momento à articulação do Governo Federal com o Estado e Municípios.

“Estivemos recentemente em Brasília (DF) para assinar o pacto do Brasil sem Miséria junto com os demais governadores do Centro-Oeste e tivemos a grata satisfação de ver que o Estado, percentualmente, foi o que mais reduziu a extrema pobreza, ou seja, em 58%. Além disso, diminuiu em 49% a quantidade de pessoas que estavam em estado de pobreza e, isso, não é fruto apenas do trabalhado do Governo Federal, mas também das ações de vários prefeitos, do Governo do Estado e da iniciativa privada liderada pela Fiems”, afirmou o governador.

Segundo André Puccinelli, a expansão industrial é incetivada por políticas públicas e iniciativa privada, em uma parceria ousada. "A ousadia da Fiems aliada à ousadia do Governo do Estado tem contribuído para que possamos ter, a partir da industrialização e da diversificação da nossa matriz econômica, a possibilidade de diminuir a taxa de desemprego", disse, notando que o segmento industrial tem feito com oue o governo "possa olhar para o futuro com uma política econômica e financeira mais ousada na área de benefícios fiscais e tributários".

De acordo com a Fiems, com 9.885 empresas instaladas, mais de 126 mil trabalhadores e US$ 2,67 bilhões de receita em exportações até novembro deste ano, a indústria mostra vigor. Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o crescimento de 38,3% no número de empregos gerados nos últimos quatro anos pelas indústrias, saltando de 90,8 mil em 2007 para 126,5 mil trabalhadores em 2011, fois destacado na regunião com o governador como estatísticas que comprovam o alcance e o efeito da expansão econômica para inibir o desmprego.

PIB - O presidente da Fiems, Sérgio Longen, nota que no período de 2002 a 2009 o PIB (Produto Interno Bruto) Industrial de Mato Grosso do Sul aumentou em 158%, evoluindo de R$ 2,2 bilhões para R$ 5,7 bilhões, o que representa uma taxa média de crescimento anual de 12,57%, ficando à frente de outros setores produtivos do Estado e até mesmo do índice de expansão da economia chinesa - de 9,5% ao ano. “Essa evolução do PIB Industrial atesta o vigor de uma nova economia para o Estado. A indústria vem se consolidando, atraindo ainda mais investimento, fortalecendo os negócios para as empresas já instaladas, gerando mais emprego, renda e divisas”, disse.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions