A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/09/2010 17:41

Aplicação do FCO em MS aumenta 33% e chega a R$ 642 mi

Redação

A aplicação de recursos do FCO (Fundo Constitucional de Investimento no Centro-Oeste) em Mato Grosso do Sul registra um recorde no ano de 2010. ao todo, a aplicação cresceu 33% quando comparada ao mesmo período do ano passado. De janeiro a agosto deste ano, foram aplicados R$ 642 milhões.

De acordo com Loureno Budke, gerente de agronegócio do Banco do Brasil (que opera o FCO), todos os recursos disponibilizados para os produtores rurais e empresários até agosto de 2010 representam 80% do montante aplicado no ano passado, que foi de R$ 481 milhões.

"O que se percebe também é a inversão da destinação dos recursos, com a maioria dos investimentos direcionados para o setor empresarial", explica Loureno.

Dos R$ 642 milhões aplicados, 62,4%, ou R$ 401 milhões, foram aplicados no setor empresarial, e os outros R$ 241 milhões serão destinados para o setor rural. As propostas feitas ao FCO são analisadas por um conselho, do qual faz parte a Seprotur (Secretaria de Produção e Turismo).

No setor empresarial, as propostas abrangem quatro áreas: comércio/serviços, industrial, turismo e infraestrutura. Para o setor rural, a maioria dos pedidos são ligados aos pólos da matriz econômica do Estado, como pecuária, grãos, cana-de-açúcar, florestas plantadas, avicultura e suinocultura.

Criado em 1988, o FCO é composto de recursos retirados dos impostos cobrados dos produtores rurais. Por conta da alta taxa de adimplência das parcelas assumidas, o fundo está próximo de se tornar sustentável.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions