A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/07/2013 16:57

Após TelexFree, mais 17 empresas são investigadas por pirâmide financeira

Aline dos Santos
Divulgadores de empresa já realizaram diversos protestos em Campo Grande. (Foto: Cleber Gellio)Divulgadores de empresa já realizaram diversos protestos em Campo Grande. (Foto: Cleber Gellio)

Depois da TelexFree, outras 17 empresas suspeitas de prática de crime financeiro são investigadas. De acordo com o jornal O Globo, a apuração é feita por força-tarefa de promotores e procuradores do Ministério Público Federal e Estaduais de todo o Brasil. Do total, dezesseis empresas têm os nomes preservados. De conhecimento público, são as investigações sobre a TelexFree e BBom.

A PF (Polícia Federal) aponta indícios de que as duas pirâmides realizaram transações com pessoas em comum e de que a BBom recebeu dinheiro da TelexFree. As empresas negam ter ligação. Conforme a reportagem, no caso da BBom, o produto que supostamente sustentava o negócio é um rastreador de veículo.

A TelexFree vende um programa de computador chamado Voip, que permite ligações locais, de DDD e DDI ilimitadas e, para tornar o serviço conhecido, oferece dinheiro para internautas criarem anúncios gratuitos na web.

Desde o final do mês passado, os divulgadores da TelexFree vêm protestando em Campo Grande por conta de uma decisão judicial que suspendeu as atividades da empresa, a Ympactus Comercial, por suspeita de pirâmide financeira.



O Telexfree e o BBom, foi travada uma guerra com marcas que são conceituadas na sociedade como "insubstituíveis" e estão sendo substituídas, causou euforia no governo que apoia essas empresas, foi descoberto a forma de ganhar dinheiro o sistema organizacional de bancos de grandes empresas consideradas como "imbatíveis" e agora? como fazer? se o governo deixasse o consumidor gastar o dinheiro e fazer o que quiser não teria problemas todos são adultos e são responsáveis pelos seus atos e estamos dispostos a arcar com as consequências. Mais e os impostos? é mais fácil gerar um superfaturamento encima de pessoas ignorantes do que elas abrirem uma franquia e ganhar parte dos lucros e "economizar" com impostos é o governo já esta providenciando uma forma que é investir menos em educação.
 
Aline Portilho Gonçalves em 15/07/2013 09:08:38
Ouço criticas aos magistrados e ouço pessoas dizendo "sou 100% tal empresa" mas não se dão conta que estão ganhando dinheiro sendo estelionatários dando golpe em pessoas que não vão ganhar dinheiro (esse sistema de pirâmide não se sustenta senão por um tempo).
Está certo o poder proibir isso antes que a pirâmide chegue ao seu fim e os coitados da base dessa pirâmide fiquem sem dinheiro e sem ter a quem recorrer.
As pessoas de bem que entraram nessa devem se conscientizar que "estão erradas" e participando de um "golpe contra a economia popular", peguem esse dinheiro sujo que já ganharam e invistam em alguma coisa que não seja ilegal.
Só falta agora traficantes reivindicarem o direito de ganhar dinheiro traficando também.
 
Daniel Simões em 15/07/2013 08:31:16
Sou ignorante no que refere a Telexfree, portanto não é justo fazer críticas. Mas, uma coisa é certa, torneira que está pingando $$$ para o governo, PF e Receita Federal ninguém fecha...a exemplo é tal igreja universal que lucra milhões em cima do povo, seu dinheiro e transportado em caminhão Baú para não declarar a receita e alguém acredita que a receita desconhece??? Não, alguém recebe por baixo...
Tenho certeza, se a TELEXFREE, derramar dinheiro para esses RATOS dos órgãos acima, ninguém vai incomoda-los.
 
Juan Charlymoon em 14/07/2013 12:38:16
Olá bom dia, meu nome é Geraldo Pereia da Silva, obrigado por esta oportunidade para que nós aqui do outro lado, podermos expressar nossas opiniões. com relação a todo este embroglio que esta acontecendo neste momento, com relação a telexfree e bbom e outras.
Fico me perguntando, haja vista, não sou cliente de nenhuma destas aqui mencionada e outras, mas, se elas conseguem tirar seus lucros com lisura e devolver uma margem considerável para seus clientes, enquanto o Gov. com seu chamado Bancos e outras instituições financeiras, pagam uma miseras para os poupadores. porque ñ deixa que o cliente o faça sua escolha.
Vamos ver, grifo meu: pensou que se esta sendo bom para o lado social, devemos refletir um pouco mais e que vença o melhor. Obrigado por esta oportunidade.
 
Geraldo Pereira da Silva em 14/07/2013 10:19:22
Quem são os concorrentes da Telexfree???

1. Operadoras de Telefonia Celular (TIM, VIVO, OI, CLARO)
2. Redes de Televisão (Globo, STB, Record)
3. Bancos
4. Governo

Através do voip e também o marketing multinível travou uma guerra com gigantes desse pais.
1. ja somos mais de 1 milhão utilizando o voip para fazer chamadas
2. Se as grandes empresas começarem a fazer vendas por MMN, as redes de televisão vao perder muito dinheiro e o povo vai ganhar.
3. Os bancos vão perder investidores pois a Telexfree é uma franquia que dá mais retorno
4. Os pobres não vão mais depender 100% do bolsa família .
 
Rodrigo Santos em 13/07/2013 19:59:14
Isso ai devia ser liberado,pois ao meu ver a pessoa tem que saber por livre e espontânea vontade o que é certo e o que é errado,se a pessoa acha que é um bom negócio vá em frente,mas o que esta sendo feito se chama precaução pois se isso não der certo vai ter um monte de neguinho querendo cobrar das autoridades o seu fracasso em busca do dinheiro rápido e fácil.
 
marcos cesar em 13/07/2013 19:38:29
Divulgadores Telexfree e divulgadores (MMN) é nossa chance de colaborar para criação de legislação de MMN no Senado Federal.
Enquanto não houver legislação específica no nosso país iremos sofrendo com tantas indagações e proibição. Sou 100% telexfree e não abro mão. As pessoas criticam pq ainda não conhecem verdadeiramente como funciona. A telexfree em 8 meses está(ava) realizando meus sonhos e de muitas outras pessoas.
 
EZEQUIEL DOS SANTOS em 13/07/2013 17:34:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions