A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

17/06/2015 23:59

Após três anos, Argentina retira embargo a carne brasileira

Wellton Máximo – Agência Brasil

Depois de três anos, a Argentina retirou o embargo à carne brasileira, anunciou hoje (17) o Ministério da Agricultura. Desde 2012, o Brasil não podia vender carne ao país vizinho por causa da confirmação de um caso do mal da vaca louca em Mato Grosso.

Segundo o ministério, o Serviço de Sanidade e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina, após reavaliar o caso a pedido do governo brasileiro, reconheceu que casos atípicos da doença como o registrado no Brasil podem ocorrer em qualquer parte do mundo, sem acarretar risco de epidemia. Nos casos atípicos, o mal da vaca louca manifesta-se de forma esporádica e espontânea e não está relacionada à ingestão de alimentos contaminados.

Embora o Brasil não seja exportador de carne para a Argentina, o Ministério da Agricultura avaliava que o embargo prejudicava a imagem da carne brasileira no exterior e comprometia oportunidades de negócios com outros países.

No mesmo dia em que a Argentina retirou o embargo à carne brasileira, o Brasil revogou o embargo às maçãs, às peras e aos marmelos argentinos. Em março deste ano, o Brasil tinha proibido a importação desses produtos do país vizinho por causa da presença da praga Cydia pomonella, erradicada em território brasileiro no ano passado.

De acordo com o Ministério da Agricultura, as providências das autoridades argentinas para conter a disseminação da praga justificaram o fim da restrição. Com base no princípio da reciprocidade, os dois países optaram por declarar simultaneamente a liberação do comércio dos produtos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions