A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

25/09/2015 22:02

Bancários rejeitam proposta salarial e já admitem greve a partir do dia 6

Flávio Paes

Bancários de todo o país podem deflagrar greve por tempo indeterminado a partir de 6 de outubro. A categoria está em campanha salarial desde o último mês de agosto, mas, até agora, não aconteceram grandes avanços nas negociações com a classe patronal.

A categoria deve recusar em assembleias previstas para a próxima quinta-feira (1) a proposta de reajuste abaixo da inflação feita pela federação dos bancos e marcar greve a partir do dia 6 de outubro. A negociação ocorreu nesta sexta (25) com o Comando Nacional dos Bancários, que indicará a rejeição da contraproposta nas assembleias que serão realizadas em todo o país.

A proposta dos bancos prevê 5,5% de reajuste com R$ 2.500 de abono fixo. A categoria pede reajuste salarial de 16%, sendo 5,6% de aumento real e 9,88% referentes à perda da inflação. Pelos cálculos do Sindicato dos Bancários, a "perda real de 4%" significa que um bancário que recebe o salário médio da categoria iria perder no ano R$ 1.983 em relação a uma proposta que apenas cobrisse a inflação. A categoria recebeu aumento real de 20,07% no período entre 2004 e 2014. No ano passado, foram 2,02% acima da inflação.

Ja a Federação Nacional de Bancos informou por nota que "a proposta visa compensar perdas decorrentes da inflação passada, sem contaminar os índices futuros, o que iria contra os esforços do governo para reequilibrar os fundamentos macroeconômicos". O documento destaca que a proposta da federação mantém o poder de compra médio da categoria nos últimos doze meses e que, desde 2004, houve um processo de aumento real dos salários dos bancários sem interrupção.

"O reajuste de 5,5% está em linha com a expectativa de inflação para os próximos 12 meses. Índices acima das expectativas de inflação podem contribuir para maior dificuldade na queda dos índices inflacionários", informa a nota. Além do reajuste salarial, os bancários receberiam participação de 5% a 15% dos lucros dos bancos.

FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
O FMI (Fundo Monetário Internacional) elevou a projeção de crescimento do Brasil para 2018 e 2019. O PIB (Produto Interno Bruto) do país deve crescer...
Trabalhador acima dos 60 anos começa a receber hoje as cotas do PIS/Pasep
Os trabalhadores a partir de 60 anos de idade e que têm conta corrente ou poupança individual na Caixa Econômica Federal (Caixa) ou no Banco do Brasi...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions