ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 27º

Economia

Bandeiras tarifárias na conta de luz terão novos valores a partir de 1º de junho

Bandeira amarela passa a R$ 1,50 e bandeira vermelha de R$ 4 a R$ 6 a cada 100 kWh

Por Gabriel Neris | 21/05/2019 17:04
Energia elétrica deve ficar mais cara a partir de junho (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Energia elétrica deve ficar mais cara a partir de junho (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

A Aneel (Agênica Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta terça-feira (21) a resolução que estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias com vigência em 2019. A proposta altera o valor das bandeiras tarifárias a partir de 1º de junho.

Segundo a Aneel, foi um incorporado um avanço tecnológico para a regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico, o que passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano.

A bandeira amarela passa a R$ 1,50 a cada 100 kWh. Já a bandeira vermelha no patamar 1 custará para o consumidor R$ 4 a cada 100 kWh. No patamar 2 será R$ 6 a cada 100 kWh. Segundo a agência, a alteração foi motivada pelo déficit hídrico do ano passado.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela Aneel e sinaliza o custo real da energia gerada. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

A definição da cor da bandeira continua de acordo com a combinação entre risco hidrológico e preço de liquidação de diferenças.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário