A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/10/2013 08:47

Cade aprova venda por R$ 1,1 bilhão e Enersul terá o 4º dono em 23 anos

Vinícius Squinelo

Depois da Justiça, foi a vez do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovar a venda do Grupo Rede para a Energisa, com investimento inicial de R$ 1,1 bilhão. A decisão deve ser o último passo da complicada transação, que fará com que a Enersul – concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica em 74 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul – tenha o quarto dono desde a privatização, em 1990.

Segundo a decisão do Cade, datada de ontem (17), a venda do Grupo Rede, que inclui a Enersul, foi aprovada de forma integral, sem ressalvas.

Com o voto favorável do Conselho, o mercado financeiro considera que a Energisa deve anunciar em breve a compra da Enersul. Em setembro, o plano de recuperação judicial do grupo foi aprovado pela Justiça, abrindo caminho para a Energisa assumir o seu controle e a recuperação das oito distribuidoras sob intervenção do governo.

No plano de recuperação judicial das holdings do Grupo Rede, a Energisa propôs assumir o controle e as dívidas com credores, além de um investimento inicial de R$ 1,1 bilhão para sanear as distribuidoras.

Quarto dono - O Grupo Rede assumiu o controle da Enersul em 2008, e deve repassá-la ainda neste ano. Na transação de compra por parte do grupo, a EDP (Energias do Brasil), então dona da concessionária sul-mato-grossense, recebeu cota majoritária de ações da hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães (localizada no Tocantins) e, em contrapartida, repassou as ações da Enersul para o Grupo Rede. O negócio foi orçado em R$ 700 milhões.

Até os anos 1990, a empresa era uma estatal. Ela foi privatizada e adquirida pela Escelsa. Em 2003, passou para o controle da EDP. A Energisa será o quarto dono da Enersul, fundada em 1979.

Justiça aprova recuperação judicial e venda do Grupo Rede
O juiz Caio Marcelo Mendes de Oliveira aprovou o plano de recuperação do Grupo Rede e a venda do conglomerado, que inclui a Enersul, concessionária r...
Aneel apura denúncias contra interventor do Grupo Rede
No comando da Enersul, concessionária do grupo Rede, desde agosto de 2012, o ex-diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Jerson Kelma...
Dívidas fazem Aneel intervir na Enersul e 7 empresas do Grupo Rede
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou, em sessão extraordinária nesta sexta-feira, a intervenção na Enersul, concessionária que aten...


Brincalhão! Então o MPE também está com perseguição política? Sejamos sinceros, quando se fala em perseguição aqui no Brasil é porque não se ajudam a acobertar as brincadeiras com nosso suado dinheiro! Se não dividir o butim o povo estressa e larga o colega de profissão (adivinha qual?) na mão!
 
Marcos Rumolli em 18/10/2013 09:40:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions