A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/09/2013 21:09

Justiça aprova recuperação judicial e venda do Grupo Rede

Vinícius Squinelo

O juiz Caio Marcelo Mendes de Oliveira aprovou o plano de recuperação do Grupo Rede e a venda do conglomerado, que inclui a Enersul, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica em 73 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. O despacho (veja na íntegra no documento no fim da página) foi emitido ontem (9).

Segundo o magistrado, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo), o plano de recuperação judicial, no valor de R$ 2,7 bilhões, foi aprovado por 74,9% dos credores do Grupo, em assembleia que teve início no dia 5 de junho deste ano.

No plano de recuperação está incluso a venda do Grupo para a Energisa S.A., e o processo de recuperação será comandado pela Deloitte Touche Tohmatsu Consultores Ltda.

“Em face do exposto, concedo a recuperação judicial, considerando aprovado o plano submetido à assembleia geral de credores, o que faço fundado no artº.58 da Lei 11.101/2005”, expõe o juiz.

Para a tomada na decisão, o magistrado se baseou em pareceres favoráveis de instituições financeiras e do Ministério Público.

O grupo Rede Energia constitui uma das maiores empresas privadas do setor elétrico nacional, atendendo 578 Municípios, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará e Tocantins, num universo de quase 20 milhões de pessoas, contando, para tanto, com cerca de 13 mil colaboradores.

Confira a decisão na íntegra:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions