ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 26º

Economia

Clientes aproveitam véspera no Centro e shoppings para levar presentes das mães

Região central e shoppings da Capital ficaram lotados na tarde deste sábado

Por Antonio Bispo | 11/05/2024 16:31
Fachada de loja na Rua 14 de Julho preparada para o Dia das Mães (Foto: Henrique Kawaminami)
Fachada de loja na Rua 14 de Julho preparada para o Dia das Mães (Foto: Henrique Kawaminami)

Faltando algumas horas para o Dia das Mães, uma das épocas mais lucrativas para o comércio, o centro de Campo Grande e shoppings ficaram lotados ao longo deste sábado (11), com clientes comprando presentes aos “45 do segundo tempo”.

Na Rua 14 de Julho, principal via comercial da Capital, o vai e vem de pessoas foi grande na tarde de hoje, véspera da data comemorativa. Entre os clientes, havia quem ainda nem tinha conseguido encontrar o presente ideal, e também aqueles que carregavam diversas sacolas na mão, indicando que em 2024, a economia não atrapalhou as festividades.

Moradora de Três Lagoas, a estudante Natacha Abdon, de 20 anos, contou que gastou mais do que podia, mas que não se arrepende, uma vez que o presente vai para a pessoa “mais especial da vida dela”. “Acho que ontem eu devo ter gastado uns R$ 200. Hoje gastei mais R$ 300. Comprei um conjunto de roupa, que era o que ela queria”, disse.

A jovem disse, ainda, que neste ano não achou os preços altos. “O preço não está ruim. É só procurar que as coisas estão bem em conta”, ressaltou.

Natacha veio de Três Lagoas para celebrar a data com a mãe na Capital (Foto: Henrique Kawaminami)
Natacha veio de Três Lagoas para celebrar a data com a mãe na Capital (Foto: Henrique Kawaminami)

Assim como ela, o militar Jhon Peterson, 20, também deixou para comprar o presente da mãe e da tia no último dia. “O que eu vou dar é surpresa. Na verdade ainda não encontrei o que quero, sou ruim pra comprar presente. Prefiro trazer a pessoa e ela escolher o que quer. Vim para comprar uma lembrancinha, mas no fim vou acabar levando presente. Devo gastar uns R$ 200”, contou.

Não muito diferente do centro, os shoppings também contam com grande movimento. O Campo Grande News esteve em um deles, localizado na Avenida Afonso Pena, e encontrou os corredores cheios.

Jhon Peterson espera gastar R$ 200 em presentes (Foto: Henrique Kawaminami)
Jhon Peterson espera gastar R$ 200 em presentes (Foto: Henrique Kawaminami)

Economia em alta – De acordo com a CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) de Campo Grande, a expectativa em 2024 é que o Dia das Mães movimente R$ 145 milhões na economia da Capital, sendo R$ 68,4 milhões em presentes e R$ 77,3 milhões nas comemorações. Além disso, para a grande maioria, a expectativa de gasto nos presentes está entre R$ 100 e R$ 200.

Clientes caminhando na Rua 14 de Julho na tarde deste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)
Clientes caminhando na Rua 14 de Julho na tarde deste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias