A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

04/05/2018 14:11

Com contas equilibradas, 11 mil famílias saem da inadimplência

Osvaldo Júnior
Comércio central de Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)Comércio central de Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

Em um ano, 11.618 famílias de Campo Grande conseguiram equilibrar as contas e sair da condição de inadimplentes. O dado é da Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), divulgada nesta sexta-feira (dia 04) pela CNC ( Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). Conforme a sondagem, há 91.781 famílias com contas em atraso na Capital, 11,23% a menos que as 103.399 contabilizadas na mesma época do ano passado.

“Esses índices mostram que as famílias estão conseguindo quitar suas dívidas e saindo do vermelho. Para o comércio isso é muito positivo, pois significa que estão com crédito para voltar às compras”, comentou o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Edison Araújo.

Todos os indicadores da pesquisa apresentam queda no comparativo anual. A quantidade de famílias endividadas era de 166.750 no mês passado, 8,53% a menos que o de abril de 2018 (182.315. Em números relativos, a parcela de endividados recuou de 60,3% para 54,6%.

No caso de inadimplentes, a queda foi de 34,2% para 30,0%, e, em se tratando dos que não têm condições de pagar seus débitos, o índice retraiu de 16,4% para 11,1%. Eram 49.584 famílias nessa situação em abril de 2017 e 33.884 em igual mês deste ano. A queda é de 31,66%.

Os cartões de crédito continuam no topo dos tipos de dívidas em Campo Grande, respondendo por 65,8% do total. Na sequência, estão os carnês (25,8%) e financiamento de casa (15,4%).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions