A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/02/2016 14:10

Com R$ 80 mi em caixa, prefeitura vai voltar a pagar salários em dia

Mariana Rodrigues e Antonio Marques
Titular da Seplanfic, Disney Fernandes, durante prestação de contas na Câmara Municipal. (Foto: Fernando Antunes)Titular da Seplanfic, Disney Fernandes, durante prestação de contas na Câmara Municipal. (Foto: Fernando Antunes)

Durante prestação de contas realizada na Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quarta-feira (24), o titular da Seplanfic (Secretaria de Planejamento, Finanças e Controle), Disney Fernandes afirma que a partir de agora a prefeitura tem condições de pagar em dia o salário dos funcionários e administrar os problemas da cidade.

Disney apresentou aos vereadores a prestação de contas referente ao terceiro quadrimestre de 2015, que corresponde aos meses de setembro a dezembro, período da volta do prefeito Alcides Bernal (PP) ao cargo. Nessas planilhas ele especifica as despesas e a receita da prefeitura.

Durante a apresentação, o secretário defende que para que a prefeitura "possa trabalhar", é necessário que haja em caixa entre R$ 100 a R$ 120 milhões por mês para quitar a folha que é de R$ 90 milhões. Mas que isso não vinha acontecendo durante a gestão de Gilmar Olarte, onde o fluxo de caixa chegou a R$ 28 milhões, um dos menores já registrados.

Ele sustenta que nos últimos dez anos, a Capital nunca havia tido problemas com dinheiro, já que sempre trabalhou com saldos superiores a R$ 200 mi. "Campo Grande sempre teve um fluxo de caixa excelente, trabalhou sempre acima de R$ 200 milhões em caixa".

Segundo o titular da Seplanfic, a Prefeitura conseguiu fechar o caixa de dezembro com R$ 60 milhões que poderiam ser usados e mais R$ 20 milhões de caução, ele justifica que para chegar a esse valor não houve aumento na receita. "Nós tivemos que deixar de pagar despesas que não eram essenciais, como fornecedores, por isso conseguimos um certo equilíbrio, a partir de agora estamos em uma situação mais confortável", diz Fernandes.

"O Objetivo agora é quitar a dívida do mês corrente e não atrasar mais nada", afirma o secretário. Para ele, agora a prefeitura tem fôlego para administrar os problemas da cidade, como por exemplo a recuperação de vias. "Agora não é falta de dinheiro é gestão, então esses problemas serão resolvidos em curto prazo".

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions