A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/03/2008 08:44

Combustível mais barato reduziu custo de vida

Redação

A guerra de preços entre postos de combustíveis e queda no valor de alguns alimentos fizeram com que o custo de vida do campo-grandense ficasse menor em fevereiro. O IPC aponta deflação de 0,51% no mês passado, conforme pesquisa da Uniderp e Unaes. A inflação acumulada em Campo Grande nos últimos 12 meses é de 3,09% e nos dois primeiros meses de 2008 é de 0,05%. 

Em fevereiro, as reduções apuradas para os combustíveis foram as seguintes: álcool (-5,36%), gasolina (-3,54%) e diesel (-0,11%). Alguns postos chegaram a comercializar o litro abaixo de R$ 2,30, quando no início do ano o preço médio na Capital era de R$ 2,80.

No grupo alimentação os produtos que registraram as quedas mais significativas de preços foram: uva (-30,40%), maracujá (-27,67%), limão (-26,07%), tomate (-24,71%) e pimentão (-15,05%).

De acordo com o coordenador do Núcleo de Pesquisa, Celso Correia de Souza, os grupos que mais contribuíram para a queda foram Alimentação (-1,70%) e Transportes (-1,41%). Também registraram queda geral nos preços os grupos Educação (-0,21%) e Despesas Pessoais (-0,08%). Já os grupos Habitação, Vestuário e Saúde apresentaram variações positivas de 0,34%, 0,24% e 0,21%, respectivamente.

Após sucessivas altas, as carnes também tiveram redução de preços. As mais acentuadas foram fígado (-11,16%), filé mignon (-9,52%), contrafilé (-6,15%) e lagarto (-6,01%). Por outro lado, alguns cortes tiveram elevações de preços tais como: paleta 6,69%, acém 2,06% e cupim 0,01%. Em relação a carne suína, destacou-se a costeleta com queda de preço de -3,02%. A carne de frango permaneceu praticamente estável

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions