A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/08/2012 11:55

Conferência reúne setores e discute desenvolvimento de municípios

Mariana Lopes

Na manhã de hoje (7), os participantes se dividiram em grupos de trabalho para elaborar as propostas que serão votadas amanhã durante a conferência, para discussão em etapa nacional.

Representantes dos setores se reuniram em grupo de trabalhos para elaborar propostas de princípios e diretrizes para incrementar a polícitca nacional de desenvolvimento regional (Foto: Mariana Lopes)Representantes dos setores se reuniram em grupo de trabalhos para elaborar propostas de princípios e diretrizes para incrementar a polícitca nacional de desenvolvimento regional (Foto: Mariana Lopes)

Representantes da sociedade civil, empresas, poder público e de universidades estão reunidos na I Conferência Estadual de Desenvolvimento Regional, que acontece de 6 a 9 de agosto, para discutir princípios e diretrizes para incrementar a política nacional de desenvolvimento do Mato Grosso do Sul.

Na manhã de hoje (7), os participantes se dividiram em grupos de trabalho para elaborar as propostas que serão votadas amanhã durante a conferência, para então serem encaminhadas e discutidas na etapa nacional.

Segundo a coordenadora de organização da Conferência no Estado, Zaida Godoy, as propostas serão defendidas pelos delegados de Mato Grosso do Sul eleitos na conferência estadual. “São 10 delegados que defenderão os princípios e diretrizes para compor a Política Nacional votados nesta etapa”, explica.

Todas as propostas votadas visam o desenvolvimento local. “Não adianta a cidade crescer se não há desenvolvimento, não dá para aceitar a desigualdade social, como, por exemplo, ver o PIB aumentar sendo que ainda tem gente abaixo da linha da pobreza”, comenta Zaida.

APL-O coordenador-geral de APL (Arranjo Produtivo Local), do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ricardo Romero, assinou durante a Conferência Regional a aderência de quatro grupos de empresas de Mata Grosso do Sul.

São empresas do ramo de Artesanato e Turismo de Bonito, Cerâmica do Pantanal, Vestuário da região Sul do Estado e Metal e Mecânica de Dourados. “São grupos que eram desestruturados e agora estão prontos para serem inseridos no eixo de empresas e receber apoio e incentivo federal”, explica Romero.

O documento será encaminhado para Brasília e inserido no grupo oficial do Governo para as empresas começarem a participar dos programas de incentivo.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions