ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Conselho aprova investimentos de R$ 49,6 milhões para criar 170 empregos

Cinco empresas do ramo de produtos alimentícios, academia e laboratório estão entre as que vão receber incentivos para se instalar

Por Tainá Jara | 09/02/2021 14:15
O titular da Sedesc, Herbert Assunção (Foto: Divulgação)
O titular da Sedesc, Herbert Assunção (Foto: Divulgação)

Na primeira reunião da atual gestão, Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande) aprovou cinco projetos, prevendo investimentos de R$ 49,6 milhões e a geração de 170 novos empregos, em Campo Grande. O encontro foi realizado na manhã desta terça-feira.

Os 10 conselheiros, presididos pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Herbert Assunção, aprovaram incentivos para empresas do ramo alimentício, academia, laboratório, restaurante e transporte rodoviário.

As cinco empresas que tiveram seus pedidos aprovados e receberão os benefícios solicitados são as seguintes:

• Bruno G. Marola Eireli – Comércio varejista de produtos alimentícios e outros. O investimento fixo da empresa será de R$ 850 mil, com promessa de criar 15 empregos;

• Shift Fitness Academias de Ginástica e Participações S.A – Academia de ginástica, que pretende investir R$ 5,9 milhões e criar 35 novos empregos;

• Alves e Frandaloso Ltda. – Restaurante. O investimento fixo aqui será de R$2,6 milhões com promessa de criar 30 novos empregos.

• Emerald Serviços Médicos Ltda. – Atividade médica ambulatorial. Investimento fixo de R$ 38,216 milhões para criar 70 novos empregos.

• Transportadora Campeão Ltda. – Transporte rodoviário de produtos perigosos e outros. O investimento será da R$ 2 milhões, para criar 20 novos empregos diretos.

Prodes - Segundo o secretário da Sedesc, Herbert Assunção, ficará mais vantajoso empreender na Capital. “Com a reformulação da Lei do Prodes será possível democratizar os incentivos oferecidos às empresas pela Prefeitura, ampliando o leque de empresas beneficiadas a partir da desburocratização da nova lei”.

O projeto da Nova Lei do Prodes (Programa para Incentivos ao Desenvolvimento Econômico e Social) será apreciado oportunamente pela Câmara Municipal. De 2017 a 2020, o Codecon aprovou projetos com previsão de quase R$ 835 milhões em investimentos e criação de 4.876 novos empregos diretos.

O calendário de reuniões do Codecon aprovado no final do ano passado prevê 11 reuniões ordinárias ao longo de 2021, mais as extraordinárias. E a primeira reunião extraordinária deste ano já está marcada para o dia 18, quinta-feira da próxima semana.

Nos siga no Google Notícias