A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/06/2013 11:11

Construtores vão à Câmara reclamar de alvarás parados na prefeitura

Leonardo Rocha e Jéssica Benitez
Sessão desta manhã, com representantes das empresas.Sessão desta manhã, com representantes das empresas.

Empresários da Construção Civil estiveram hoje de manhã na Câmara Municipal, participando de audiência pública e reclamaram na “lentidão” da prefeitura na expedição de alvarás em Campo Grande. Eles ressaltaram que a burocracia tem provocado perda de lucros e até afastamento de novos investimentos na Capital.

O construtor Eurípedes Pereira Magalhães revelou que depois que Alcides Bernal assumiu a prefeitura, processo “burocrático” piorou e esta demora na expedição de documentos tem atrapalhado os negócios. “Quem começa a construir demora até um ano para finalizar a obra, por causa da burocracia, isto tem comprometido os nossos lucros”, apontou.

Magalhães explicou que no momento está construindo duas casas, e que seu lucro se concentra em 20 a 25% do investimento realizado. Ele investiu R$ 350 mil, porém o lucro acaba se “diluindo” com a demora que chega há um ano. “Começa pelo alvará até a habite-se, se não houver mudanças vou ter que demitir meus 11 funcionários diretos, fora os indiretos”.

Os empresários destacam que esta situação pode gerar uma “reação em cadeia” e que outras empresas podem seguir o mesmo rumo. “Vão causar desemprego no setor”. O líder do prefeito, o vereador Alex do PT admitiu que a prefeitura tem atrasado e quem providências serão tomadas. “Temos que analisar o setor da construção, e ver qual a situação real do momento”, explicou.

Denúncia – Eurípedes Magalhães denunciou que antes de Bernal, era concedido um “certificado provisório” antes do alvará sair. Agora, este documento continua sendo expedido, porém a prefeitura está multando quem não tiver o alvará disponível. “Nós pagamos pelo documento e mesmo assim somos multados, só no mês passado recebi 3 mil de multa”, afirmou.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


Isto representa um embrião da corrupção, pois para agilizar o processo com certeza algo será cobrado, simples assim.
 
marcelo martins em 10/06/2013 15:16:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions