A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/07/2011 15:17

Dilma defende divisão igualitária do pré-sal, diz André

Governadores do Centro-Oeste reuniram-se hoje pela manhã com a presidente em Brasília

Débora Diniz, de Brasília
Reunião hoje pela manhã em Brasília, com Dilma Roussef e governadores.Reunião hoje pela manhã em Brasília, com Dilma Roussef e governadores.

A presidente Dilma Roussef é favorável à divisão igualitária dos royalties do pré-sal entre os 27 estados da federação. A afirmação foi feita hoje pelo governador André Puccinelli após reunião entre a presidente e os governadores do Centro-Oeste.

“Ela (Dilma) entende que deva ser dividido igualitariamente pelos estados. A presidente defende a ideia de que o que será acrescido com a exploração do pré-sal não seja dividido de forma diferente, favorecendo os estados produtores”, disse André.

Durante o encontro, a presidente defendeu um acordo firmado há dois anos entre o governo federal e os estados, prevendo corte no repasse para os produtores (Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo), que passaria de 26% para 25%. Outros 22% dos lucros serão divididos igualitariamente entre todas as unidades da federação. Pelo acordo, União deixaria de receber 30% de sua participação para receber 19% e os municípios produtores passariam a receber 6%.

No ano passado, a Câmara aprovou a divisão igualitária das receitas obtidas com a cobrança dos royalties, mas Lula vetou a parte da divisão entre os estados e enviou nova proposta de 25% aos estados produtores, 6% para municípios produtores, 3% para municípios que embarcam ou desembarcam petróleo, 44% para estados e municípios não produtores e o restante – 22% – para a União.

Hoje, estados e municípios produtores têm – cada um – direito a 26,25% dos royalties. Municípios com operações de embarque e desembarque de petróleo têm direito a 8,75%. A União recebe 30% dos recursos e o restante, 8,75%, vai para um fundo especial que é dividido entre os demais estados e municípios.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


A DIVISÃO DOS RECURSOS FEDERAIS, DEVERÃO CONTINUAR, BASEADO NAS DENSIDADES POPULACIONAIS, PARA FAZER COM QUE POLÍTICOS DESTE PAÍS, TENHA COMPETÊNCIA, SE VIREM PROCUREM FAZER SEUS ESTADOS, MUNICÍPIOS CRESCEREM, TANTO POR SITUAÇÃO ECONÔMICA QUANTO POPULACIONALMENTE, POIS SE O ADMINISTRADOR É BOM, AS MELHORIAS ATRAEM GENTES, SE O ADMINISTRADOR É RUÍM EXPULSAM O POVO, GOVERNADORES E PREFEITOS, TEM MESMO É QUE SE VIRAR EM ADMINISTRAR COM PLANEJAMENTO E EFICIÊNCIA, DANDO INCENTIVOS FISCAIS, CONVIDANDO NOVOS EMPREENDEDORES PARA SEUS ESTADOS E MUNICÍPIOS, NÃO FICAREM COMO MORCEGOS SUGANDO AS SOCIEDADES, COMO É DE PRAXE DOS POLÍTICOS DESTE PAÍS, FICA O MEU DISSABOR, COM A SOCIEDADE, QUE ELEGEM SEMPRE O PIOR, PEÇO QUE AS SOCIEDADES, REZEM, PEÇAM PARA DEUS MUITA INTELIGÊNCIA E SABEDORIA, PARA NÃO ERRAR NOS VOTOS, SE ERRAR FICA DIFÍCIL, A SOCIEDADE PRECISA SE FILIAREM A PARTIDOS POLÍTICOS, PARA AJUDAREM ESCOLHER O MELHOR CIDADÃO, PAI OU MÃE, EXEMPLAR, NO SENTIDO, RELIGIÃO, FAMÍLIA, EDUCAÇÃO, PRODUÇÃO, MORAL, CÍVICO, SOCIAL LEGAL, NÃO SOCIAL IMORAL, QUANTO VEMOS NESTE PAÍS, SE A SOCIEDADE PENSAR ANTES, NÃO ERRA DEPOIS, PENSEM BEM, JÁ PENSOU QUATRO ANOS COM GENTINHA NA FRENTE DAS SUAS ATIVIDADES, PENSAMENTOS, INVESTIMENTOS, E DEPOIS ELES FICAM PERTURBANDO O PRESIDENTE, SOBRE A DIVISÃO DOS RECURSOS FEDERAIS, NÃO DEVEM GANHAR EM IGUALDADE, E SIM PELA DENSIDADE POPULACIONAL, QUE QUISER INVISTA EM SEUS ESTADOS E MUNICÍPIOS, PROCUREM AUMENTAR ATIVIDADES DIVERSAS, INFRAESTRUTURA, QUE ISSO ATRAI AS PESSOAS, E OS ESTADOS E MUNICÍPIOS CRESCEM, NÃO PRECISAM FICAREM CHORANDO INCOMPETÊNCIA, O POVO PAGA UM ELEMENTO ELEITO, PARA ELE CORRER ATRÁS DE MELHORES DESENVOLVIMENTO, ATIVIDADES, APROVEITAMENTO DAS MATÉRIAS PRIMAS, QUE A SUA REGIÃO PRODUZ, E COM PRODUÇÃO VEM AS SUB PRODUÇÃO, E SAIBAM UMA COISA PUCHA A OUTRA, SE VIREM GOVERNADORES E PREFEITOS.
 
PEDRO BRAGA em 14/07/2011 05:21:22
Dilma defende divisão igualitária do pré-sal, diz André
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions