A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

25/05/2018 15:49

Distribuição de energia já corre risco, afirma concessionária

Energisa informa que atendimento à população ficará prejudicado com greve dos caminhoneiros

Gabriel Neris
Paralisação dos caminhoneiros pode prejudicar atendimento de concessionária (Foto: Saul Schramm)Paralisação dos caminhoneiros pode prejudicar atendimento de concessionária (Foto: Saul Schramm)

A concessionária de energia elétrica Energisa, que opera na maior parte dos municípios de Mato Grosso do Sul, aponta que a paralisação dos caminhoneiros nas rodovias federais poderá afetar o serviço.

“A paralisação pode afetar diretamente a operação da empresa, principalmente o deslocamento das equipes para atendimento”, diz trecho da nota publicada pela empresa.

A nota diz ainda que as equipes estão priorizando as situações consideradas críticas ou que envolvam algum tipo de risco à população.

“Entre as medidas já colocadas em prática para amenizar os problemas de deslocamento estão a solicitação de prioridade no abastecimento dos veículos e reforço de comunicação para clientes emergenciais”, completa a nota.

Procurada pela reportagem, a concessionária de água e esgoto Águas Guariroba, que opera em Campo Grande, informou que está funcionando normalmente. A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), que opera no interior do Estado, informou também que opera sem restrições.

Em Campo Grande, pelo menos 91% dos postos já estão sem combustíveis. Ao todo são 135 estabelecimentos em operação. A informação é do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes de Mato Grosso do Sul).

O desabastecimento é reflexo da greve dos caminhoneiros, que desde segunda-feira (21) impede a saída de veículos das distribuidoras para a entrega de gasolina, etanol e óleo diesel.

Equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) estiveram há pouco no trecho do anel viário de Campo Grande, próximo ao Posto Caravaggio, para notificar os participantes do protesto de caminhoneiros sobre a decisão judicial que proíbe o bloqueio de rodovias federais no Estado. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions