A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/08/2011 10:36

Dourados qualificará 1,2 mil pessoas para resolver falta de mão de obra

Programa foi lançado hoje e terá 20 cursos em 16 áreas

Ângela Kempfer e Edmir Conceição
Presidente do Sebrae, da Fiems, prefeito, presidente do Sindicato das Empresas do Vestuário e diretor da Fecomércio participaram hoje cedo do lançamento. (Foto: João Garrigó)Presidente do Sebrae, da Fiems, prefeito, presidente do Sindicato das Empresas do Vestuário e diretor da Fecomércio participaram hoje cedo do lançamento. (Foto: João Garrigó)

O prefeito Murilo Zauith (PSB) lançou há pouco em Dourados programa para qualificar 1283 trabalhadores desempregados.

Já a partir de segunda-feira começam as inscrições para 20 cursos em 16 áreas profissionais, nos setores de vestuário, alimentação, construção civil e serviços.

O programa “Qualifica Dourados” também foi criado para reciclar quem já está empregado, além de fazer o encaminhamento para vagas disponíveis no mercado da região.

A população indígena também será atendida pelos cursos, prioritariamente, para atuar em frigoríficos.

O investimento da prefeitura será de meio milhão de reais, “recurso relativamente pequeno diante do alcance social”, avalia o prefeito.

“O empresário coloca recursos, investe em tecnologia, mas falta mão de obra. Essa lacuna é que buscamos preencher”, justifica Murilo.

Há cursos de 200, 250 e até 300 horas/aula, o que irá garantir trabalhadores preparados ainda este ano a disposição das empresas.

As aulas começam em setembro, mas hoje já será realizada na região do grande Água Boa, com palestras e oficinas gratuitas.

A prefeitura deve levar oficinas até o Jardim Novo Horizonte, Jóquei Clube e Canaã I, pontos de grande concentração de moradores.

A iniciativa foi muito elogiada durante lançamento do projeto neste sábado pelos presidentes da Fiems (Federação das Indústrias) – Sérgio Longen, da Fecomércio – Edison Araújo, pelo diretor do Senai - Jaime Verruck, e pelo presidente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, além do presidente do Sinvesul (Sindicato das Empresas do Vestuário Industrial da Região Sul de Mato Grosso do Sul), Gilson Lomba.

“As federações da Indústria, Comércio e Agropecuária estão unidas para encarar a questão da qualificação da mão de obra para atender as demandas do setor produtivo de Mato Grosso do Sul. A formação profissional é fundamental para o desenvolvimento do Estado, pois chega diretamente nas famílias e esse formato adotado pela Prefeitura de Dourados, que é semelhante ao Programa Indústria Ativa Campo Grande, precisa ser ampliado para outros municípios do Estado”, lembrou Longen.

Os deputados estaduais Lauro Davi (PSB) e Laerte Tettila (PT), ex-prefeito de Dourados, também participaram da solenidade na manhã de hoje.

Lançamento do programa ocorreu na manhã de hoje, em escola municipal de Dourados. (Foto: João Garrigó)Lançamento do programa ocorreu na manhã de hoje, em escola municipal de Dourados. (Foto: João Garrigó)

Dois elos - O Brasil apresenta atualmente uma das menores taxas de desemprego do mundo, uma boa notícia que em outro aspecto vira desvantagem pela falta de formação dos trabalhadores.

“A qualificação é o grande entrave para expansão industrial e comercial”, lembrou o presidente do Sebrae, Claudio Mendonça.

Durante o lançamento, ele anunciou que o Sebrae pretende visitar 500 pequenas empresas na região de Dourados também para colaborar na solução de outra deficiência do setor: a gestão . Seis consultores farão um mapeamento para descobrir como fortalecer esse aspecto junto aos empresários.

Na avaliação dele, Dourados fortalecerá 2 elos, a formação e a gestão, para assegurar o desenvolvimento das empresas.

A secretária de Agricultura, Indústria e Comércio, Neire Colman, lembrou que o programa foi idealizado por Murilo e que "é bastante ousado por ser abrangente e envolver praticamente todas as instituições que representam o empregador de forma geral".

Os trabalhadores interessados em participar dos cursos devem procurar a prefeitura a partir do dia 8. As inscrições também serão feitas pelos Centros de Referência de Assistência Social e pelos centros comunitários

Outras informações sobre o programa estão no site do Município: [www.dourados.ms.gov.br](http://www.dourados.ms.gov.br)



Prefeitura instala oficinas para qualificar trabalhadores em Dourados
Programa de qualificação oferece cursos nas áreas de construção civil, confecção, gastronomia, hotelaria, sucroenergético, comércio e serviço.A Pref...
Prefeitura de Dourados qualifica mão-de-obra indígena
A prefeitura de Dourados através do programa Qualifica Dourados vai qualificar indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru, que juntas formam a reserva ...
Prefeitura instala oficinas para qualificar trabalhadores em Dourados
Programa de qualificação oferece cursos nas áreas de construção civil, confecção, gastronomia, hotelaria, sucroenergético, comércio e serviço.A Pref...
Prefeitura de Dourados qualifica mão-de-obra indígena
A prefeitura de Dourados através do programa Qualifica Dourados vai qualificar indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru, que juntas formam a reserva ...
Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions