A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/02/2014 13:46

Eldorado busca apoio de fundos para dobrar produção de celulose em MS

Edivaldo Bitencourt
Produção de celulose pode dobrar em Três Lagoas (Foto: Arquivo/João Garrigó)Produção de celulose pode dobrar em Três Lagoas (Foto: Arquivo/João Garrigó)

A Eldorado pretende buscar financiamento de R$ 2,8 bilhões dos fundos de pensão para viabilizar o investimento de R$ 7,5 bilhões e dobrar a produção de celulose em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital. A meta é passar dos atuais 1,7 milhão de toneladas para 3,5 milhões de toneladas por ano em 2017.

No entanto, o projeto do empresário Joesley Batista, segundo o jornal Folha de S.Paulo, depende da viabilização de R$ 2,8 bilhões do Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil) e do Funcef (dos servidores da Caixa Econômica Federal).

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pode investir R$ 4,7 bilhões no projeto. A família Batista, acionista do J & F, que controla 80% da Eldorado, reduzirá a participação acionária, mas continuará no comando.

O Petros, Funcef e BNDES já são acionistas da Eldorado, mas ampliariam a participação. Atualmente, a empresa emprega 3,2 mil funcionários em Três Lagoas.

A Fibria também vai dobrar a capacidade de produção no município. Atualmente, o grupo produz 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano.



Sócios: governo federal. Capimunismo.
 
Cristiano Arruda em 12/02/2014 16:08:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions