ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 30º

Economia

Em fase de acabamento, obra de porto seco tem licença renovada

Estrutura para terminal de cargas está recebendo acabamento, segundo a prefeitura

Por Marta Ferreira | 22/10/2020 13:30
Estrutura do terminal intermodal de cargas em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Estrutura do terminal intermodal de cargas em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Foi renovada, por mais 24 meses, a contar de 30 de setembro, a licença ambiental para a instalação do terminal intermodal de cargas em Campo Grande, mais conhecido como porto seco, na saída para Sidrolândia, no anel viário. A obra começou em 2007 e, depois de 14 anos, está para ser entregue, segundo informou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi.

De acordo com ele, o terminal está em fase de acabamento, recebendo por exemplo o cercamento, assim como o poço para bombeamento de água. Ao todo, foram cerca de R$ 20 milhões investidos.

A previsão é de que o porto seco movimente até 2,2 milhões de toneladas em mercadorias por ano. O início dessa operação não tem dada estimada. Segundo explicou Fiorese, a estrutura será entregue para  a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), que ficará responsável pela gestão.

A operação do porto seco já tem responsável. Em 2012, o consórcio Park X venceu licitação para regular o terminal por 30 anos. Em contrapartida, terá de investir R$ 200 milhões na estrutura do local – com terminais de cargas, combustível e armazéns, abastecidos pela malha rodoferroviária existente

Demora - As obras do terminal começaram em setembro de 2007. Desde então o empreendimento passou por uma série de entraves para sua conclusão. Em 2008, foi embargado pelo TCU (Tribunal de Contas da União), que apontou problemas na execução. A obra foi retomada em 2009 e seguiu até 2012, quando a empresa responsável pelos serviços entrou em recuperação judicial.

Neste ano, foi dado o aval para prorrogação do cronograma, pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutrura de Transporte).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário