ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
NOVEMBRO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 24º

Economia

Em MS, quase 13 mil contribuintes caíram na malha fina do IR

Do total de declarações retidas com pendências diversas, 10.313 são de contribuintes com imposto a restituir

Viviane Oliveira | 23/09/2022 08:57
Aplicativo da Receita Federal no celular (Foto: divulgação)
Aplicativo da Receita Federal no celular (Foto: divulgação)

A Receita Federal reteve em malha fina 12.965 declarações do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) de 2022 em Mato Grosso do Sul. O número corresponde a 2,39% do volume de documentos entregues entre março e setembro deste ano, de 543 mil.

Os principais motivos para retenção de declarações são omissão de rendimentos, deduções de despesas médicas e divergências entre o valor declarado pelo contribuinte e o informado pela fonte pagadora.

Do total de declarações retidas com pendências diversas, 10.313 são de contribuintes com imposto a restituir, 2.368 com imposto a pagar e 284 com saldo zero. Em todo o país, foram retidas mais de 1 milhão de declarações, das quais 811.782 com imposto a receber. O restante pertence a contribuintes com imposto a pagar, ou com saldo zerado.

O delegado-adjunto da Receita em Campo Grande, Zumilson Custódio da Silva, explica que o contribuinte não deve procurar o órgão para tentar resolver pendências. “Quem teve a declaração retida não precisa procurar a Receita. Deve resolver as pendências por meio da entrega de declaração retificadora. Ele só será chamado em último caso”, destacou. A Receita alerta de que esse é o momento de corrigir as informações prestadas ao órgão.

Nos siga no Google Notícias