A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Julho de 2018

01/02/2018 17:00

Em um ano, tv por assinatura perde mil assinantes no Estado

Estado fechou o ano passado com mais de 185 mil assinaturas em vigência

Gabriel Neris
Mais de 8 mil assinaturas foram desativadas em MS em um ano (Foto: Gabriel Neris)Mais de 8 mil assinaturas foram desativadas em MS em um ano (Foto: Gabriel Neris)

Mato Grosso do Sul registrou queda de 4,19% em dezembro no número de assinantes por TV assinatura em um ano, de acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). São mais de 8 mil assinaturas. 

O Estado fechou 2017 com 185.652 assinaturas em vigência, enquanto no mesmo mês do ano anterior eram 193.768, uma redução de 8.116 assinantes. Em novembro do ano passado eram 186.415 assinaturas, uma queda de 0,41%.

O número de assinantes no país inteiro caiu 4,99% em 2017, com 938,7 mil contratos ativos a menos, levando o total de clientes a 17,9 milhões. Os números também mostram que em dezembro houve uma redução de 0,7% em relação a novembro de 2017, com menos 125,7 mil assinantes.

Os estados com mais assinantes de TV por assinatura no país, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, tiveram queda no número de contratos. Com menos 6,21%, São Paulo teve a redução mais significativa, com 447,1 mil contratos encerrados. No Rio de Janeiro, foram registrados menos 97,8 mil contratos, um recuo de 3,83%; e em Minas Gerais, a redução foi de 2,41%, com menos 38,3 mil assinantes no ano passado.

Em contrapartida, alguns estados registraram aumento de clientes de TV por assinatura: o maior foi no Piauí, onde houve acréscimo de 7,74%, com 6,4 mil novos assinantes; e o Maranhão registrou variação positiva de 3,86%, com um aumento na base de 6,5 mil contratos. Em seguida aparece o Tocantins, com aumento percentual de 3,42% e 1,4 mil novos assinantes.

De acordo com a Anatel, dois prestadores do serviço apresentaram aumento no número de contratos: a Oi e a Sky. A primeira ganhou 205,2 mil novos usuários, terminando o ano com aumento de 15,73%. Com mais 109,6 mil assinantes, a Sky registrou aumento percentual de 2,09%.

A Claro teve a maior redução em número de contratos ativos, menos 724,2 mil assinantes, o que representa um recuo de 7,39%. Em seguida aparece a Vivo, com redução de 7,67% e menos 131,4 mil contratos. Depois vêm a Algar Telecom, com menos 23,9 mil contratos, redução de 24,34%; e a Nossa TV, com menos 2,7 mil, queda de 2,14%. (Com informações da Agência Brasil)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions