A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/09/2010 16:53

Emprego em Rondônia atrai trabalhadores de Campo Grande

Redação

A oportunidade de desenvolver uma atividade remunerada, com possibilidade de crescimento, atraiu cerca de 120 trabalhadores nesta quarta-feira para a Funtrab (Fundação Social do Trabalho) que está pré-selecionando trabalhadores da construção civil para atuarem em Porto Velho, capital de Rondônia.

Os candidatos disputam uma das 1.600 vagas abertas pela construtora Camargo Corrêa para a construção da Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia.

De acordo com a gerente de intermediação de mão-de-obra da Funtrab, Julene Ferreira Oliveira, as vagas foram abertas há uma semana, mas a procura é baixa. "Muitos não procuraram por acharem o salário pouco atrativo. As vagas são para remuneração de aproximadamente R$ 1.000,00, com limite de 40 horas-extras por mês", disse Julene.

No entanto, os candidatos que recebiam informações sobre as vagas da construtora faziam as contas e acreditavam poder "tirar" até R$ 3.000,00 por mês.

Sem emprego fixo há seis meses, o motorista Elton Araújo de Matos, de 44 anos, trabalha atualmente como folguista de guarda em um condomínio de Campo Grande, recebendo R$ 700,00 por mês. Pela matemática de Elton, a vaga é convidativa.

"O período temporário termina em outubro e além do salário tem benefícios, plano de saúde. Ainda pode 'rolar' uma bonificação no final do ano. quero ficar seis meses lá. Se tudo der certo, volto e levo a família junto", anima-se Elton.

O motorista tem uma filha de três anos e a esposa está desempregada há cinco meses. Deixar a família é difícil, mas segundo Elton, é preciso buscar o próprio espaço. "Campo Grande tem emprego, mas o salário é muito pouco. Já tive proposta para ir trabalhar em Costa Rica, mas queriam pagar somente R$900,00", reclama Elton.

Mato e mosquito

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions