A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/08/2013 08:41

Empresário não desiste dos sonhos após falir 5 vezes vendendo salgados

Graziela Rezende
Gilson de Almeida Bernardes Júnior, 46 anos, não abre mão de ser empresário.Gilson de Almeida Bernardes Júnior, 46 anos, não abre mão de ser empresário.

Mesmo com “o dom” para fazer salgadinhos, Gilson de Almeida Bernardes Júnior, 46 anos, faliu cinco vezes. Quem saboreia as suas coxinhas, pastéis, esfirras e até um bolinho de ovo criado por ele, jamais imagina o sabor amargo e a luta para não desistir dos seus sonhos. São seis anos de perseverança, no qual ele chegou a ter a vida ameaçada por agiotas. Hoje, no entanto, o empresário já pode desfrutar de uma vida estável ao lado da família.

Paulista por nascimento, Gilson aprendeu com os funcionários da sua mãe a confeccionar delícias no ramo da alimentação. Em uma das suas ideias, aos 23 anos, assim que finalizou a permanência obrigatória no Exército, ele montou uma barraca no centro de São Paulo e começou a vender salgadinhos.

“Era o auge dos camelôs e eu quis entrar nessa onda. Deu bastante certo, numa época em que tivemos 10 funcionários”, conta Gilson. Ele possuía uma máquina de fazer os condimentados, avaliada em R$ 30 mil e que produzia cinco mil salgados por hora. Trabalhando, anos depois, ele constituiu família e teve três filhos. Falido pela 1ª vez veio tentar a vida na Capital Sul Mato Grossense.

“Foram 14 anos de relacionamento, só que não estava mais dando certo, principalmente por dificuldades financeiras. Pensei, então, em vir para Campo Grande, onde estavam alguns familiares. Queria reconstruir o meu relacionamento, mas não deu certo”, emenda Gilson.

“Minha ex-mulher foi embora e fiquei sozinho com os meus filhos. Estava perdido, sem saber o que fazer, mas tinha esperança de dar certo e continuar vendendo os meus salgados. Então aluguei uma casa no Jardim Imá e, com ajuda, um “quadradinho” na avenida Júlio de Castilho, onde mal cabia a sua máquina”, fala o empresário.

Lá ele iniciou a fazer os salgadinhos, para vender a R$ 0,35 a unidade. O carro chefe eram as coxinhas e nascia o Coxinha e Cia. “Estava mergulhado no trabalho e, por muita sorte, conheci outra mulher que é minha grande companheira”, garante. Verônica Santos, 26 anos, na época com um bebê, entrou para a família “com tudo”, ajudando a administrar o negócio.

“Assim que tivemos o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) em mãos, conseguimos um empréstimo no valor de R$ 120 mil. Pensei na oportunidade de ampliar o meu comércio e sugeri uma sociedade ao dono do local que alugava. Eu ampliei para um espaço dez vezes maior, colocando mesas, uma mini-fábrica com os cilindros, as fritadeiras e o estoque de produtos na geladeira frigorífica”, comenta o empresário.

Funcionária trabalha na preparação dos salgados da Coxinha Express.Funcionária trabalha na preparação dos salgados da Coxinha Express.

O Coxinha e Cia, já com domínio público, se transformou no Coxic´s. “Eu fui me empolgando com as vendas, além do disque entrega que estava dando muito certo, as encomendas para festas e reservas. Foi aí que pensei em transformar em bar também e perdi o foco. Trabalhar na noite, sinceramente, é para quem sabe, não para quem quer. Você precisa saber lidar com o pagamento dos garçons, músicos e os entregadores que cobram um alto valor”, relembra o empresário.

O negócio, que fluía bem, faliu pela 2ª vez e em uma sequência que o empresário se emociona ao falar das dificuldades. “Estava bem, cheguei a trazer músicos que recentemente se apresentaram no Programa do Faustão. Mas, no ano de 2010, quando tiveram início as obras de recuperação na avenida Júlio de Castilhos, pioraram as minhas dificuldades. A clientela caiu brutalmente e chegamos a tentar a aventura do espetinho”, fala Gilson.

O jeito, para tentar “ficar em pé”, de acordo com o empresário, foi apelar para os agiotas. “Ninguém empresta dinheiro fácil para comerciante e achei que ia dar conta, mas os juros são muito altos. As contas não paravam, cortaram a luz e água e nem os fornecedores de bebidas estava conseguindo pagar”, conta.

No auge, agora da dificuldade financeira, ele fechou por um tempo as portas e ficou com dívidas com cinco agiotas. “Pedia dinheiro emprestado para todo mundo, para pagar as contas e reabrir o negócio, sempre ao lado da família. Mas os agiotas não queriam saber, não esperavam e até fui ameaçado de morte”, afirma, aos prantos.

Assim que pagou os agiotas, reabriu pela 3ª vez o negócio. Em poucos dias, porém, estava sem dinheiro até para comprar o recheio dos salgadinhos. O comércio se reestabelecia, parte da clientela voltava, quando ele novamente fechou duas vezes as portas.

Foi aí que um dos motoentregadores comprou a sua empresa, levando o nome Coxic´s, o telefone da disque entrega e a sua “paixão” que trouxe de São Paulo, a máquina de salgados. “Estava arrasado com a venda do meu negócio e até a mobília da casa eu vendi, ficando apenas com o colchão para dormir e o fogão. Me sentia humilhado diante dos meus filhos e de todos, mas sempre tinha esperança de vencer no ramo da alimentação”, diz.

Numa dessas segundas da vida, eles abriram o portão, levantaram as lonas daquele grande salão e colocaram a estufa na frente, quase na calçada, como um apelo por clientes. “Começamos a vender bem, agora fazendo manualmente os salgados e repondo a estufa de hora em hora”, fala. Durante o dia, na rua de casa e, à noite, eles foram por uma semana em shows na Praça do Papa para vender os salgadinhos.

“Colocamos uma mesa lá e começamos a vender os salgadinhos. Eu ficava lá vendendo, o meu marido fazendo e os filhos no vai e vem para trazer mais produtos”, comenta Verônica. Com dinheiro guardado e toda a experiência das derrotas, ele reabriu o seu negócio.

“Nunca perdi a esperança e sempre acreditei no que faço. Mas os erros do passado hoje são uma escola para mim, que posso proporcionar uma vida estável a minha família”, avalia Gilson. De novo nome, a aposta agora é o "Coxinha Express".

Após vários tropeços, empresário tenta, novamente, reeguer o estalecimento (Cleber Gellio)Após vários tropeços, empresário tenta, novamente, reeguer o estalecimento (Cleber Gellio)
Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...


bacana este post…show de bola parabéns….ultimamente estou apreciando matérias deste tipo….em http://www.apreciandodicas.blogspot.com.br…..falow abcs
 
soulfly em 17/05/2017 15:10:32
Há 2 anos minha vida mudou completamente quando comecei a produzir meus proprios salgados e vender para eventos, festas de aniversário, confraternizações.

Sem dúvida é um ramo muito promissor, porque há sempre demanda de trabalho e os custos iniciais para começar o negócio são muito baixos. Um dos materiais que me guiou durante esse início foi o Guia de Salgados Congelados http://fazersalgadosparavender.com.br/ Realmente esse Guia tem tudo que alguem que está iniciando precisa para começar a lucrar. Acho que o que dá certo para nós temos que comapartilhar e passar para frente né?

Sucesso à todos!
 
Caio Nogueira em 09/05/2017 13:56:57
Eu não sei si vou conseguir me expressar. Estou passando algo parecido tenho 44 anos tenho 2 filhos e esposa hoje sou socio e a firma não esta indo bem estou pensando em mudar algo em mente são salgadinhos cresci com a minha mãe fazendo hoje si eu começar a fazer para complementar a renda e tenho um equipamento de som profissional. já passou em procurar emprego mas não aguento mais. VC com essa garra me ajudou muito e que Deus abençoe.
 
Rosival Feitosa em 01/11/2013 20:41:55
você merece Gilson eu conheço sua batalha e sou prova do que vocês passaram felicidades.
 
maria lucia teodoro crisostomo em 05/08/2013 21:03:21
Conheço os salgados, são excelentes. Vale experimentar.
 
Wagner Dupin em 05/08/2013 13:10:30
Parabéns!! Você é merecedor de todo sucesso de seu empreendimento.
Desistir nunca, retroceder jamais!!!
Que Deus o abençoe sempre.
 
wagner dupin em 05/08/2013 13:07:41
SINCERAMENTE!!!!!
EU TIRO O CHAPEU PARA PESSOAS DESSE PERFIL ESSES SIM DEVERIAM SER NOSSOS REPRESENTANTES NA POLÍTICA.

PARABÉNS AO NOSSO AMIGO

E QUE DEUS PROTEJA TODA SUA FAMÍLIA E CLIENTES


NEI SALVIANO
 
nei salviano em 05/08/2013 09:29:41
SOU DE MARACAJU., QUERO O ENDEREÇO. PARA IR LÁ CUMPRIMENTAR ESTE EXEMPLO DE EMPRESÁRIO E BRASILEIRO.
 
NELSON DIAS NETO em 05/08/2013 09:21:27
amigo, "aquele que vai andando e chorando, carregando consigo sua preciosa semente, com certeza voltará alegra, trazendo consigo sua colheita" (adaptado da Bíblia), por isso vocês irão com certeza colher ainda mais os frutos do seu árduo trabalho.
Agora, só falta nos informar o endereço dessa benção, para poder me tornar seu cliente também, como muitos outros se tornarão.
Deus os abençoe ricamente.
 
Márcio Dutra em 05/08/2013 09:15:08
parabéns, sou um batalhador semelhante a vc, e com muita dignidade e honestidade hj tenho 03 empresas.e em nenhum momento desacreditei na minha capacidade e digo que para um homem vencer na vida, ele precisa ter fé em Deus, amar sua família e acreditar no que faz. parabéns a vc e sua família q Deus continue te abençoando.
 
edemilson montiel em 05/08/2013 09:05:50
Parabéns Gilson pela sua determinação! Os salgadinhos são maravilhosos, sou cliente assídua.
 
Ivalu Franco em 05/08/2013 07:29:02
Parabéns pela sua história.....!!!!Homem guerreiro!!!!!Boa sorte!!!
 
Luciana Corrêa em 05/08/2013 01:44:07
Somente o fracasso leva ao sucesso! Isso mesmo, desistir jamais. "As pessoas mais ricas e bem sucedidas do mundo constroem redes, enquanto as outras procuram emprego" (Robert Kyiosaki). Não trabalhe pelo dinheiro, faça o dinheiro trabalhar pra você!

 
Marcelo Silva em 04/08/2013 21:51:20
Embora não o conheço, mas isso mostra que a persistência é o melhor caminho para chegar onde almejamos. Esse é um exemplo de superação, E nos mostra que não devemos vacilar na primeira queda, pois na vida vamos ter tropeços, mas se desanimarmos não chegaremos a lugar nenhum . parabéns a esse pai de família, que ao invés de ser derrotado, conseguiu vencer todas as barreiras e hoje está contando sua história com um final feliz!!!!!
 
Conceição Mariley pereira Penha em 04/08/2013 20:57:04
Qual o endereço do estabelecimento desse guerreiro?
 
Paulo Henrique Espinosa em 04/08/2013 20:28:39
E emocionante a estoria desse rapaz. E um verdadeiro brasileiro, não desiste nunca. Acho o que falta nele e realmente a presença de Deus na sua vida e dos seus. Parabéns a essa família e que Deus possa estar presente no seu seio. O que só faltou e o endereço de seu novo estabelecimento. Vou visita-lo quando for em Campo Grande.
 
Izomar Galeano em 04/08/2013 20:18:05
muito boa sua historia eu lembro de vc aqui no bairro ze pereira ha muitos anos atras era uma loucura a sua mini fabrica de salgadinhos aqui no bairro todos adoravam sucesso
 
adriana shirley em 04/08/2013 19:41:38
Realmente é uma delicia os salgados dele, tem uma pizza frita...hummmmm....tudo de bom.Parabéns.
 
Alessandra da silva em 04/08/2013 19:41:02
Sua persistência é um exemplo, sua humildade poucos tem, parabéns mais uma vez e que Deus continue abençoando você e sua família.
Roney e Família
 
Roney Sandre em 04/08/2013 19:28:44
Que bom saber q a família se manteve unida e juntos venceram e não esqueçam de solicitar orientações ao SEBRAE, pois assim terão firmeza maior em se manterem no mercado que sabem executar muito bem, sucesso!
 
alfredo abrao em 04/08/2013 18:31:50
Linda história....Sabemos que com persistência, luta e fé, Deus nos responde no tempo certo muito sucesso, felicidades!!!!
 
Juliana Oliveira Biazon em 04/08/2013 18:31:16
É ISSO AI A VOTORIA COM CERTEZA VEM
TEM QUE PERSISTIR
JA VI PESSOAS ABRIREM COMERCIO E FECHAR COM 2 MESES
NEM TENTA.
MAS TUDO TEM QUE TER UM PLANEJAMENTO
E TRABALHO
PARABENS
GILSON DESISTIR NUNCA
 
adriano xavier em 04/08/2013 18:04:42
muito bonita esta historia , um verdadeiro guerreiro q com muitas batalhas está ai com sua família e com seu sonho q vai dar certo mais uma vez....agora eu li e não vi o endereço do novo estabelecimento dele ,gostaria d ir conhecer pessoalmente. Quem souber avise-me....
 
sidnei santos em 04/08/2013 18:00:28
por favor alguém coloque o endereço para podermos ir la experimentar ...
 
Alessandro paes. em 04/08/2013 17:27:01
Sou amigo do Gilson há 30 anos. Nos conhecemos em Aquidauana-MS. Sua história pessoal é riquíssima. Filho de pai arqueólogo, serviu na Brigada de Paraquedista do Rio de Janeiro-RJ. É de uma cultura ímpar. Leitor voraz dos clássicos da literatura universal e de filosofia, foi com o meu amigo que comecei a gostar da disciplina. Ano que vem, me formarei em Filosofia pela UFMS. Pessoa exemplar. Parabéns meu amigo. Muito obrigado.
 
Edivaldo Moraes do Nascimento em 04/08/2013 17:14:54
Não conhecia a trajetória desse empreendedor mas acompanhei indiretamente a parte da estória dele que ocorre aqui na capital,agora e sempre aquela musica do Raul que fala"queira,basta ser sincero e desejar profundo,você sera capaz de sacudir o mundo,tente outra vez,tenha fé em DEUS,tenha fé na vida"não necessariamente nessa ordem a musica é cantada,mas parabéns,outro dia passei por lá,bom atendimento salgados baratos e bem feitos.
 
marcos pedrosa em 04/08/2013 15:53:06
Parabéns Gilson,vc é brasileiro, a família é o seu alicerce, sucesso...
 
Ramão A. Souza em 04/08/2013 14:59:39
A maior alegria dos pais, é saber que foi um exemplo para seus filhos.
Parabéns ao casal e toda a sorte do mundo!
 
Mirella Forti Cossignani em 04/08/2013 14:32:04
Um grande vencedor ! Ainda vai prosperar mais e mais , vai gerar muitos empregos .
Pergunto : Cadê o BNDES ,que só financia grandes empreendimentos? Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.
O pequeno nesse tem que ralar muito ,para mostrar a sua capacidade e competência .
 
Luiz Roberto P.Alves em 04/08/2013 14:06:11
Tenho certeza que vai dar certo. Os salgados dele são os melhores que ja provei, E o Gilsom além de um ótimo profissional é um cara muito gente boa e família.
 
Willian Portela em 04/08/2013 14:01:49
Conheco muito bem o local, pois passo ali 4 vezes por dia, nos ultimos 15 anos.
Caro Gilson, nada garante que voce não vá falir de novo.
Primeiro, não pode ter dividas.
Segundo, tem que ser organizado
Terceiro, as vendas tem que cobrir todas as despesas e sobrar um pouquinho.
Como se faz isto ? Administrando bem o negocio.
Boa sorte.
 
Reinaldo Sandim em 04/08/2013 13:51:21
Realmente é um dos melhores lugares pra comer salgado e tomar suco de laranja bom e barato e pela qualidade, mais um exemplo de que quem acredita alcança!
 
alessandro da silva espinola em 04/08/2013 13:46:41
Parabéns Gilson pela sua garra, com certeza os erros do passado so vão Ajudar seu sucesso. Ai SEBRAE Olha a oportunidade um empreendedor de verdade e não os que so conhecem mercado através de apostilas.
 
Adalberto Merey Vilhalba em 04/08/2013 12:52:03
Esse é um grande trabalhador, conheço-o de longa data e sempre atendeu bem e com bons produtos, sucesso em sua vida.
 
Roberto Domingos em 04/08/2013 11:59:15
Muitos dos maiores empresários do Brasil, faliram pelo menos uma vez, diz o Sebrae. A perseverança e a garra do Gilson foram maiores do que a falta de estudo e planejamento. Imagina se ele já começa com uma orientação do Sebrae por exemplo, talvez já estivesse rico. Hoje ele sabe que ter um bom produto é necessário mas não é suficiente. Junto com a determinação e garra, precisa planejamento e estudo que ele compensa em parte com a dura experiência de vida. Com certeza, o pior já passou e agora será bem mais difícil os contratempos da vida pegarem ele desprevenido. Parabéns pela garra Gilson, muito sucesso que você merece.
 
Paulo Lemos em 04/08/2013 11:51:08
Parabéns......pelo esforço e coragem....e uma pessoa do bem...Deus ha de abrir muitas portas sucesso...
 
Rosangela Garcia Simoes Machado em 04/08/2013 11:13:34
Gostei da sua perseverança. Quando for em Campo Grande vou aí experimentar as coxinhas e comprar um estoque para guardar na geladeira.Boa sorte ...uma idéia: O senhor não dá cursos de culinária? ...quero fazer.
 
Gladis Mára Desbesell em 04/08/2013 11:12:16
tai um grande homem e uma mulher guerreira.
 
valdenir rufino nunes em 04/08/2013 10:42:16
O trabalho dignifica as pessoas; apesar que no Brasil muitas vezes parece que quem trabalha é idiota.Parabens e vá em frente.
 
Adelino José Brauner em 04/08/2013 10:36:35
parabéns como disse o velho ditado só vê as pingas não vê os tombos. todos nos temos um historia só assim vc vai dar valor na sua vida na sua família e o mais importante deus existe .
 
sidney minero em 04/08/2013 10:10:57
Sou cliente do local, realmente os salgadinhos são de excelente qualidade, atendimento ótimo. Sucesso para vocês!!!!
 
Denise Mansilha em 04/08/2013 10:04:57
Esse é um exemplo de brasileiro que não desiste nunca!!!
 
Claudenice Luges em 04/08/2013 09:57:02
Possui o dom da coisa, com perseverança, dedicação, agora só falta aprimorar a disciplina em conjunto com o seu sonho (esse 2 últimos devem andar sempre juntos).
 
Marco Aurélio em 04/08/2013 09:27:30
Um exemplo para todos, a luta dessa família. Sucesso!!!
 
adelaide vieira em 04/08/2013 09:21:55
Verdadeira lição de um homem trabalhador que não usou os fracassos como desculpa para fazer coisas ilícitas. Parabéns!
 
Nilvia Cabete em 04/08/2013 09:09:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions