ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 16º

Economia

Empresas preveem injetar cerca de R$ 22 milhões na economia de Campo Grande

Codecon aprovou, na terça-feira, nove projetos de empresas

Izabela Cavalcanti | 01/03/2023 11:12
Reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande, na última terça-feira (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)
Reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande, na última terça-feira (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

O Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande) aprovou na terça-feira (28) nove projetos de empresas que visam investir R$ 21.881.681 na economia da Capital.

A partir disso, segue para análise e aprovação na Câmara Municipal de vereadores para a concessão dos benefícios da Lei do Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande).

São empresas com atividades de indústria de nutrição animal de processamento e armazenamento de grãos; metalúrgica de montagem e manutenção industrial; além de cervejaria. Juntando as três são quase 100 vagas de empregos gerados.

Também foi aprovada a prorrogação de incentivos fiscais de centros multiusos que geram empregos em regiões de vulnerabilidade social em Campo Grande.

“Esta reunião do Codecon marca o início de mais um ano de muita expectativa de novos negócios sendo abertos em Campo Grande. Um novo tempo para as empresas que buscam incentivos da Prefeitura de Campo Grande, que com os benefícios oferecidos poderão crescer e assim fortalecer o setor produtivo na nossa cidade”, comemora o secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro), Adelaido Vila.

A nova Lei do Prodes também inclui grandes empresas, os negócios de médio e pequeno porte podem solicitar incentivos previstos no programa. Para os processos que dependam de apreciação do Codecon, deve ser realizado sorteio publicamente ao fim de cada sessão.

Nos siga no Google Notícias