A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

09/08/2018 11:26

Empréstimos do FCO com juros pré-fixados para o setor rural são reabertos

Contratações haviam sido suspensas em junho para adequação de sistema; setor empresarial aguarda decisão federal

Ricardo Campos Jr.

Os empréstimos com recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) estão liberados novamente para o setor rural, na modalidade pré-fixada. Eles foram suspensos em junho para que o Banco do Brasil se adequasse às mudanças implementadas pelo conselho gestor, como a possibilidade de pessoas físicas usarem dinheiro para instalar painéis de energia solar.

As contratações para empresas continuam fechadas. Como elas são pós-fixadas, dependem de decisão federal sobre o fator de localização, que reduzirá os juros nos municípios considerados estagnados.

Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), espera que os empréstimos voltem totalmente à normalidade nos próximos dez dias.

Cartas-consulta do setor rural já foram aprovadas na última reunião do conselho. Entre elas estão pedidos que somam R$ 23,3 milhões para construção e ampliação de armazéns em São Gabriel do Oeste, Amambai, Itaquiraí, Novo Horizonte do Sul e Naviraí.

Também foram aprovados R$ 7,5 milhões para aquisição de máquinas e implementos agrícolas, R$ 8 milhões para implantação de florestas de eucalipto em Brasilândia que somam 4.229 hectares.

Outros R$ 4,4 milhões serão destinados à aquisição de equipamentos de geração de energia solar, além da ampliação de indústria, reforma de pastagens com integração lavoura-pecuária, renovação de solos, e 4,402 hectares de ampliação e renovação de lavoura de cana de açúcar e ampliação das instalações de avicultura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions