A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/07/2010 09:11

Estudo mostra evolução de 58% nos empregos na indústria

Redação

O estudo desenvolvido pela Fiems chamado Índice de Evolução do Emprego Formal nas atividades industriais aponta que de 2005 para este ano, o estoque de empregos no segmento industrial aumentou 58%, com índice de 158,0 pontos no mês de junho último.

Na mesma comparação, o setor de Serviços apresentou um índice de 134,6 pontos e crescimento de 35%, o Comércio com 122,4 pontos (+22%), a Agropecuária com 118,8 pontos (+19%) e Administração Pública com 107,9 pontos (+8%).

A leitura aponta que "o índice verificado na Indústria apresenta um ritmo de expansão superior ao dos Serviços, Comércio, Agropecuária e Administração Pública em 17%, 29%, 33% e 46%", respectivamente.

Em relação à igual mês do ano anterior, o índice de evolução do emprego formal na Indústria, Serviços, Comércio e Agropecuária elevou-se em 5,9%, 5,9%, 5,3% e 3,9%, respectivamente. Já a Administração Pública apresentou uma ligeira redução em seu índice, equivalente a 0,1%. Finalmente, quando a comparação se dá com o mês imediatamente anterior, os setores da Indústria, Serviços e Agropecuária apresentaram as maiores evoluções em seus índices, com expansão de 1,3%, 0,8% e 0,8%, respectivamente.

No caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul, o índice de evolução alcançou, em junho, a marca 126,6 pontos, indicando, deste modo, um crescimento de 27% sobre o estoque do ano base (2005). Em relação à igual mês do ano anterior, o índice total para o Estado apresentou um crescimento de 4,1%. Já quando a comparação se dá com o mês imediatamente anterior constata-se uma ligeira evolução, equivalente a 0,6%.

O índice visa mostrar a evolução ocorrida no estoque de empregos formais em Mato Grosso do Sul a partir do estoque verificado no fim de 2005, ano escolhido como base e que servirá de referência para os demais períodos. Ao ano base é atribuído um valor igual a 100, assim, a partir dele as variações são apresentadas em pontos, indicando a evolução ocorrida. Por exemplo, em um dado momento o índice apurado é igual a 110, ou seja, em relação ao período tomado como base, no nosso caso 2005, houve uma elevação equivalente a 10%.

O Radar da Fiems inclui os resultados da construção civil, no setor industrial e com isso chega a uma participação de 42% nos 3.177 postos formais de trabalho criado no mês de junho em Mato Grosso do Sul.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions