ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 30º

Economia

FCO voltará a financiar projetos de geração e distribuição de energia

Por Osvaldo Júnior | 16/06/2017 14:35

Depois de cinco anos, empreendimentos do setor energético de Mato Grosso do Sul podem voltar a contar com recursos do FCO (Fundo Constitucional do Centro Oeste). O Ministério da Integração Nacional informou nesta sexta-feira (16) que os Fundos regionais – entre os quais, está o FCO – retomaram os investimentos em projetos de geração, transmissão e distribuição de energia.

A liberação de recursos para projetos dessa natureza estava vedado desde 2012, de acordo com o Ministério. A medida, segundo expectativa da pasta, pode estimular novos empreendimentos energéticos. Em maio, o setor apresentou crescimento de 0,7% no consumo e geraçãi de energia no País, segundo a CCEE ( Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

“O Ministério da Integração espera ampliar consideravelmente as contratações para o setor energético, com taxas e prazos mais atrativos em relação ao mercado”, afirmou a assessoria da pasta. Não foi estimado o montante a ser disponibilizado ao setor.

A aposta do Ministério para estimular a demanda do setor energético por financiamentos dos fundos regionais são as taxas diferenciadas. No caso do FCO, os juros variam de 9,5% ao ano (8,08% com bônus) a 16,9% ao ano (14,37% com bônus).