A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/05/2008 16:21

Geração de emprego em Mato Grosso do Sul cai 42,56%

Redação

A geração de novas vagas de trabalho em Mato Grosso do Sul registra queda de 42,56% em abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, conforme os dados do Cadastro Geral e Emprego e Desemprego (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Segundo o Ministério, no mês passado Mato Grosso do Sul foi responsável pela contratação de 22.096 pessoas e demissão de 19.504 trabalhadores, resultando na criação de 2.592 novas vagas enquanto em abril de 2007 somou 4.513 novos postos de trabalho.

O setor agrícola foi o que mais gerou emprego em abril, abrindo 1.117 vagas, seguido de serviços (689 vagas), indústria de transformação (605 vagas), comércio (323 vagas). Conforme o relatório divulgado nesta tarde, o setor de construção civil registrou déficit de 177 vagas em Mato Grosso do Sul.

 

De acordo com os dados, o Estado acumula 15.618 no ano e 10.051 vagas nos últimos 12 meses. Em todo o País, abril contratou 294.522 trabalhadores, ficando atrás de 2007 com a contratação de 301.991 pessoas. Já nos quatro primeiros meses de 2008, foram gerados 848.962 postos de trabalho com carteira assinada, equivalente ao crescimento de 2,93% no ano - desempenho recorde de toda a série histórica do Caged.

As cinco regiões do Brasil apresentaram alta na geração de empregos no mês de abril e o Sudeste foi a que apresentou o maior saldo: 209.560 postos (+1,27%). O Sul ficou em segundo lugar com 47.512 postos com carteira assinada (+0,86%), seguido pelo Centro-Oeste (+25.770 postos ou +1,23%) - que registrou recorde para o mês de abril -; pelo Norte (+7.397 postos ou +0,61%) e pelo Nordeste (+4.283 postos ou +0,10%).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions