A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

08/07/2010 06:45

Governo isenta de imposto doação de terreno à Petrobras

Redação

O governo de Mato Grosso do Sul adotou hoje mais uma medida de incentivo à instalação em Três Lagoas da fábrica de fertilizantes da Petrobras.

Decidiu isentar da cobrança de ITCD (Imposto Sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação) os imóveis que venham a ser doados à estatal com o fim específico de

"implantação de empreendimento industrial destinado à produção de fertilizantes mediante a utilização do gás natural como principal matéria-prima", como define decreto publicado hoje, assinado pelo governador André Puccinelli e pelo secretário de Fazenda, Mário Sérgio Lorenzetti.

O texto do decreto estabelece, além do finalidade específica do terreno, prazo mínimo de permanência do empreendimento em Três Lagoas, de 5 anos. Caso contrário, o incentivo fiscal pode ser revogado e o valor devido cobrado com os acréscimos legais.

Com apoio financeiro do Governo do Estado, a Prefeitura de Três Lagoas já adquiriu um terreno de 556 hectares para ser doado à Petrobras. A areia fica do lado do local onde estão instalada as indústrias de papel e celulose da Fibria e International Paper, na Rodovia BR-158, entre Três Lagoas e Brasilândia.

O empreendimento - Confirmada em abril pela Petrobras, a fábrica de fertilizantes da Petrobras tem previsão de ficar pronta em 2014.

A expectativa é que sejam criados 8 mil empregos da construção. Outros 2 mil serão gerados pela fábrica em si.

O projeto é para produção de 1,2 milhão de toneladas por ano de uréia e 81 mil toneladas de amônia. Os investimentos previstos ultrapassam os R$ 2 bilhões de reais.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions